PUBLICIDADE
Topo

Chico Alves

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Entidade israelita repudia reunião de Bolsonaro e deputada extremista alemã

26 jul. 2021 - Beatrix von Storch, do partido de extrema-direita AfD, da Alemanha, ao lado do presidente Jair Bolsonaro e do marido, Sven von Storch - Reprodução/Instagram
26 jul. 2021 - Beatrix von Storch, do partido de extrema-direita AfD, da Alemanha, ao lado do presidente Jair Bolsonaro e do marido, Sven von Storch Imagem: Reprodução/Instagram
Chico Alves

Chico Alves é jornalista, por duas vezes ganhou o Prêmio Embratel de Jornalismo e foi menção honrosa no Prêmio Vladimir Herzog. Foi editor-assistente na revista ISTOÉ e editor-chefe do jornal O DIA. É co-autor do livro 'Paraíso Armado', sobre a crise na Segurança Pública no Rio, em parceria com Aziz Filho.

Colunista do UOL

26/07/2021 14h20

A Confederação Israelita do Brasil (Conib) emitiu nota hoje para manifestar contrariedade em relação ao encontro do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) com a deputada alemã Beatrix von Storch, vice-presidente do partido de extrema-direita AfD (Alternativa para a Alemanha, na sigla em português).

A parlamentar publicou em suas redes sociais uma foto com Bolsonaro, agradeceu a recepção e se mostrou impressionada com a "clara compreensão dos problemas da Europa e dos desafios políticos do nosso tempo" demonstradas pelo presidente.

Diz a nota da entidade: "A Conib lamenta a recepção dada a representante do partido Alternativa para a Alemanha (AfD) em Brasília. Trata-se de partido extremista, xenófobo, cujos líderes minimizam as atrocidades nazistas e o Holocausto. O Brasil é um país diverso, pluralista, que tem tradição de acolhimento a imigrantes. A Conib defende e busca representar a tolerância, a diversidade e a pluralidade que definem a nossa comunidade, valores estranhos a esse partido xenófobo e extremista."

Beatrix von Storch é neta do ex-ministro das Finanças de Hitler, Schwerin von Krosigk, que foi responsável por confiscar propriedades de judeus. Ela também foi recebida pelos deputados Bia Kicis (PSL-DF) e Eduardo Bolsonaro (PSL-SP).