PUBLICIDADE
Topo

Mauricio Stycer

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

"SBT Notícias" não é o começo de uma nova era, mas tem estreia promissora

Darlisson Dutra apresenta a estreia do "SBT Notícias"  - Reprodução
Darlisson Dutra apresenta a estreia do "SBT Notícias" Imagem: Reprodução
Conteúdo exclusivo para assinantes
Mauricio Stycer

Mauricio Stycer é jornalista desde 1985. Repórter e crítico do UOL, colunista da Folha de S.Paulo, passou por Jornal do Brasil, Estadão, Folha, Lance!, Época, CartaCapital, Glamurama Editora e iG. É autor de "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018).

Colunista do UOL

10/01/2022 14h20Atualizada em 10/01/2022 15h16

"Hoje começa uma nova era no jornalismo do SBT", prometeu Darlisson Dutra, na abertura do "SBT Notícias", novo telejornal da emissora. Anunciado há apenas 19 dias, o programa estreou com a missão de bater de frente com o "Balanço Geral SP", da Record, e elevar a audiência da emissora no horário.

Programado para ocupar a faixa das 12h às 14h15, o telejornal foi ao ar um minuto antes do horário previsto. Nada grave, mas curioso. Como programado, investiu em noticiário policial e de serviços, com reportagens gravadas previamente, mas também muito material ao vivo, o que é essencial neste tipo de telejornal.

Ainda que exibido apenas em São Paulo durante parte do tempo, o "SBT Notícias" trouxe links ao vivo não somente da capital paulista, mas também de Minas Gerais, Rio, Brasília, Porto Alegre e Nova York. Exibiu informações sobre as enchentes em diferentes locais, acidentes de trânsito, pandemia de coronavírus, defesa do consumidor, crimes e até esportes.

Apontou problemas, ouviu autoridades, atualizou notícias. Enfim, fez o feijão com arroz de um jornalístico vespertino. E, importante destacar, evitou o exagero e o sensacionalismo. Achei uma estreia bem promissora.

Darlisson - Reprodução - Reprodução
Darlisson Dutra, apresentador do "SBT Notícias", conversa ao vivo com repórteres do telejornal
Imagem: Reprodução

Em pelo menos três ocasiões, o "SBT Notícias" enfrentou problemas em comunicações ao vivo, e teve que interrompê-las, o que também não configura novidade neste tipo de programa. "Ainda estamos nos familiarizando com o novo jornal", desculpou-se o apresentador.

Darlisson Dutra procurou transmitir informalidade na função de comando do telejornal. Mas estava um pouco nervoso, o que é natural. "Costumo fazer piadas, hoje estou um pouco contido porque é estreia", explicou. Em raros momentos, tentou sair do roteiro, mostrou o cenário e até deu os parabéns a uma repórter, Flavia Travassos, aniversariante do dia. Um pouco constrangida, ela agradeceu.

Para o "SBT Notícias" marcar, de fato, o início de uma nova era no jornalismo do SBT ainda falta muito. Antes de mais nada, é preciso que o telejornal seja mais do que uma experiência de um ou dois meses e permaneça na grade por um período longo. O tempo é necessário para trazer o público e, também, para o apresentador encontrar o seu jeito de fazer o programa.

Audiência: Segundo dados prévios do Kantar Ibope, o "SBT Notícias" registrou média de 3,1 pontos na estreia, ficando em terceiro lugar, bem atrás da Record (7,4) e da Globo (11,8), e um pouco à frente da Band (2,8) e da Cultura (1,4). Gazeta (0,2) e RedeTV! (0,1) ficaram longe.

Abaixo, a abertura do telejornal com a promessa de "uma nova era no jornalismo do SBT":

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL