PUBLICIDADE
Topo

UOL Confere

Uma iniciativa do UOL para checagem e esclarecimento de fatos


UOL Confere

Esquerda e direita postam imagens que desinformam sobre atos anti-Bolsonaro

4.out.2021 - À esquerda na imagem, post de Carlos Jordy (PSL-RJ) trata manifestação anti-Bolsonaro de forma enganosa; na imagem à direita, post do PCdoB mostra foto de 2018 como se fosse do ato de sábado (2) - Arte/UOL sobre Reprodução/Twitter Carlos Jordy e PCdoB
4.out.2021 - À esquerda na imagem, post de Carlos Jordy (PSL-RJ) trata manifestação anti-Bolsonaro de forma enganosa; na imagem à direita, post do PCdoB mostra foto de 2018 como se fosse do ato de sábado (2) Imagem: Arte/UOL sobre Reprodução/Twitter Carlos Jordy e PCdoB

Bernardo Barbosa

Do UOL, em São Paulo

04/10/2021 16h22

Perfis de esquerda e de direita publicaram nas redes sociais imagens que desinformam sobre o protesto contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) realizado sábado (2) no Rio. Outras capitais brasileiras também tiveram manifestações contra o governo.

O PCdoB, partido de esquerda e de oposição ao governo, fez uma publicação FALSA em seu perfil oficial no Twitter ao postar uma foto antiga da região da Cinelândia, no centro do Rio, lotada, como se mostrasse o ato contra Bolsonaro de anteontem.

Na verdade, a imagem publicada pelo PCdoB é de um dos protestos do movimento #EleNão, contrário ao então candidato Jair Bolsonaro, realizado em 29 de setembro de 2018, pouco antes do primeiro turno das eleições daquele ano.

Já os deputados federais Carlos Jordy (PSL-RJ) e Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), apoiadores do governo, reproduziram de forma DISTORCIDA imagens feitas ao vivo pela CNN Brasil, com a intenção de fazer parecer que os atos contra Bolsonaro estavam totalmente esvaziados.

As imagens postadas pelos parlamentares (veja aqui e aqui) mostravam apenas o início da concentração de manifestantes na Cinelândia, pouco antes do meio-dia, quando boa parte dos participantes do ato ainda caminhava pela avenida Rio Branco — como a própria cobertura da CNN Brasil mostrou ao vivo no sábado, instantes depois do momento compartilhado pelos deputados.

Outras imagens transmitidas ao vivo pela mesma emissora cerca de 40 minutos depois do registro publicado pelos parlamentares já mostravam uma concentração bem maior de pessoas no mesmo local.

A veiculação de imagens verdadeiras, mas aproveitadas de forma enganosa, é comum nas redes sociais quando há manifestações de cunho político, como já mostrou o UOL Confere em outras ocasiões.

Em junho, opositores e governistas usaram fotos feitas de diferentes ângulos para inflar ou reduzir uma "motociata" que contou com a participação de Bolsonaro. O mesmo ocorreu com atos contra o presidente realizados no mesmo mês. Em agosto, uma foto da praia de Copacabana, no Rio, datada de 2015 foi compartilhada por apoiadores de Bolsonaro como se fosse de um ato recente a favor do voto impresso.

O UOL Confere é uma iniciativa do UOL para combater e esclarecer as notícias falsas na internet. Se você desconfia de uma notícia ou mensagem que recebeu, envie para uolconfere@uol.com.br.

UOL Confere