Japão não retirou sinal da Globo do ar; decisão foi da própria emissora

A Rede Globo não teve o sinal retirado do ar pelo governo do Japão, conforme publicações que circulam nas redes sociais.

A decisão de parar de transmitir a programação no país asiático foi da própria emissora, em 2019.

O que diz o post

"Japão retira Rede Globo do ar, após 22 aos, alegando que a emissora é um mau exemplo para suas futuras gerações", diz o print compartilhado.

Na imagem, a Globo também é ironizada por causa da decisão, com um "parabéns" e uma matéria do site E-farsas. "A Globo foi expulsa do Japão por ser um mau exemplo para suas futuras gerações?".

Por que é falso

Decisão de parar transmissão no Japão foi da própria Globo. A IPCTV, afiliada da Globo no Japão, disse que a decisão foi da emissora brasileira (aqui e aqui). As transmissões pararam em março de 2019 (aqui).

Comunicado não faz menção a "mau exemplo" da emissora para futuras gerações. Veja:

A IPC World informa que a transmissão do sinal internacional da TV Globo no Japão vai se encerrar de acordo com o calendário abaixo. Como parte de um movimento de mudança e de novos modelos de negócio, informamos que a partir do dia 31 de março de 2019, deixaremos de transmitir o canal Globo no Japão por tempo indeterminado. Fica aqui o nosso agradecimento a cada assinante, pelo carinho durante os 22 anos de transmissão [...] Nós, funcionários e ex-funcionários da IPCTV, podemos dizer com orgulho que cumprimos com nosso objetivo até hoje. Agora, passamos o bastão para a internet, que realiza a função de continuarmos antenados com que acontece lá do outro lado do planeta.
IPC World, dona da IPCTV, antiga afiliada da Globo

O conteúdo também foi checado pelo Boatos (aqui), Estadão Verifica (aqui) e Lupa (aqui).

Continua após a publicidade

Sugestões de checagens podem ser enviadas para o WhatsApp (11) 97684-6049 ou para o email uolconfere@uol.com.br.

Fabíola Cidral conta como reconhecer logo de cara uma fake news

Siga UOL Notícias no
UOL Confere

O UOL Confere é uma iniciativa do UOL para combater e esclarecer as notícias falsas na internet. Se você desconfia de uma notícia ou mensagem que recebeu, envie para uolconfere@uol.com.br.

Deixe seu comentário

Só para assinantes