PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
4 meses
Coronavírus: 34 pessoas resgatadas de Wuhan não têm sintomas da doença

Brasileiros embarcam em avião do FAB em Wuhan, na China - Reprodução/TV Brasil
Brasileiros embarcam em avião do FAB em Wuhan, na China Imagem: Reprodução/TV Brasil

Do UOL, em São Paulo

08/02/2020 17h55Atualizada em 08/02/2020 22h16

Resumo da notícia

  • Informações foram divulgadas pela FAB
  • Brasileiros estão a caminho do Brasil e devem chegar na madrugada de domingo
  • Eles ficarão de quarentena em Anápolis junto com os tripulantes que trabalham no resgate

Os 34 brasileiros que estavam em Wuhan, cidade chinesa epicentro do coronavírus, e que estão sendo resgatados pela FAB (Força Aérea Brasileira) não apresentam sintomas da doença. A informação é do tenente-brigadeiro Marcelo Damasceno, que trabalha na unidade militar de Anápolis (GO) onde os resgatados e a tripulação dos dois aviões responsáveis pelo resgate ficarão de quarentena.

A declaração foi feita em entrevista ao Programa Brasil Urgente, da Rede Bandeirantes. Ao falar da situação dos brasileiros, o tenente-brigadeiro ressaltou que todos estão bem de saúde física e psicologicamente.

"As condições sanitárias, físicas e mentais são as melhores possíveis. Temos certeza de que na madrugada desta noite receberemos todo o grupo, os 34 brasileiros mais a nossa tripulação, cansados porque a etapa foi muito longa. Mas com certeza [estarão] bem de saúde e criando esperança para, ao cabo de 18 dias, termos todos saindo saudáveis."

Os aviões pousaram em Las Palmas, na Espanha, para a última escala técnica antes de chegar ao Brasil. As aeronaves serão reabastecidas e seguirão para Fortaleza, onde farão mais uma parada. Depois, seguirão para Anápolis (GO), com expectativa de pouso às 5 horas de domingo em Goiás.

Os 34 brasileiros e os tripulantes dos dois jatos devem ficar 18 dias em um hotel montado na base aérea. As acomodações contam com TV, internet, frigobar, telefone e ar-condicionado.

Errata: o texto foi atualizado
Uma versão anterior deste texto informava incorretamente que a expectativa de pouso dos aviões é às 5h da madrugada em Goiânia. Na verdade, o pouso será em Anápolis, às 5h da madrugada em Goiás. O texto também dizia que Marcelo Damasceno é tenente-coronel da FAB. Na verdade, é tenente-brigadeiro. As informações foram corrigidas.

Cotidiano