PUBLICIDADE
Topo

Segurança pública

Ação da PM em favela tem 2 baleados, dizem moradores; polícia cita ataque

Alex Tajra, Luís Adorno e Josmar Jozino

Do UOL, em São Paulo

19/07/2020 22h53

Moradores da favela do Sapé, no Butantã (zona oeste de São Paulo) disseram que duas pessoas foram atingidas durante ação da Polícia Militar no local na noite de hoje. A PM, no entanto, não confirma a informação. Após a ação, moradores atearam fogo a caçambas de lixo da região e em um ônibus na rodovia Raposo Tavares.

Segundo a polícia, houve tentativa de roubo do armamento dos policiais.

Um policial militar foi apontado pelos moradores como o autor de um disparo que atingiu a perna de um homem que estava acompanhado de uma criança. Outro morador também teria sido baleado, segundo moradores.

À reportagem, um morador da favela disse que alguns bares estavam cheios e jovens estavam empinando motocicletas nas ruas. Quando a PM chegou ao local, os jovens que estavam nas motos fugiram. Durante a perseguição, um PM caiu da moto e provocou risos dos moradores.

Ainda de acordo com o morador, que pediu para não ter a identidade revelada por medo de sofrer represálias, o PM chamou as pessoas que estavam rindo. Os moradores, então, se aproximaram dele. Ao chegarem, um deles teria sido baleado na perna.

Imagem mostra policias em ação na favela do Sapé, zona oeste de SP; homem caído no chão teria sido baleado pela PM - Reprodução - Reprodução
Imagem mostra policias em ação na favela do Sapé, zona oeste de SP; homem caído no chão teria sido baleado pela PM
Imagem: Reprodução

Vídeos obtidos pela reportagem, gravados por moradores, mostram uma grande quantidade de viaturas na favela e algumas pessoas correndo na rua. Outro vídeo mostra um ônibus pegando fogo, com viaturas e um carro dos bombeiros atuando para controlá-los.

De acordo com a PM, próximo da favela do Sapé, houve uma tentativa de abordagem a motocicletas, que não obedeceram à ordem policial. Após perseguição, ao serem abordados, os mesmos começaram a gritar e a comunidade foi para cima da PM, de acordo com a corporação.

"Moradores tentaram tomar armamento dos policiais, houve disparos de arma de fogo. Os PMs pediram apoio, a polícia chegou, tentou fazer incursão na comunidade. Um disparo atingiu a viatura do comando da PM", disse a corporação.

O caso estava sendo registrado na noite de hoje no 51º DP (Distrito Policial), no Butantã.

O UOL tenta contato com a Secretaria da Segurança Pública. Sua posição, se enviada, será acrescentada ao texto.

Segurança pública