PUBLICIDADE
Topo

Segurança pública

Operação contra PCC prende 14 pessoas em São Paulo, diz TV

Polícia Civil de São Paulo comanda operação que cumpre mandados em São Paulo hoje - KEVIN DAVID/A7 PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO
Polícia Civil de São Paulo comanda operação que cumpre mandados em São Paulo hoje Imagem: KEVIN DAVID/A7 PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Do UOL, em São Paulo

30/07/2020 08h01Atualizada em 30/07/2020 08h08

A Polícia Civil de São Paulo realiza na manhã de hoje uma operação em São Paulo para cumprir 25 de prisão temporária e 44 mandados de busca e apreensão contra o PCC (Primeiro Comando da Capital), facção que atua dentro e fora de presídios em São Paulo. Segundo a Globo News, 14 pessoas já foram presas.

De acordo com o comunicado, "os policiais da 8ª seccional tiveram êxito em identificar uma organização criminosa especializada em tráfico de drogas, ocultação de bens e lavagem de dinheiro, assim como a existência de tribunal do crime".

A operação foi batizada de Decap 8, em alusão à 8ª Delegacia Seccional de Polícia, responsável pela investigação. Ao todo participam 334 policiais civis na ação.

Segundo informações da Globo News, até às 7h30, 14 pessoas já haviam sido presas. Ainda segundo a emissora, a ação é um desdobramento da prisão de Wislan Ramos Pereira, conhecido como Jagunço e apontado como um dos líderes do PCC. Ele foi preso em abril em Itaquaquecetuba, na Grande São Paulo.

Esta é a terceira ação contra o PCC nesta semana. Na terça-feira, duas operações foram realizadas. A principal delas foi a Flashback 2, que envolveu dez estados e cumpriu mais de 200 mandados de busca e apreensão. A ação visava mulheres que atuariam nos "tribunais do crime". Já a operação Njord teve como objetivo desarticular uma célula da organização que enviava drogas a Alagoas.

Segurança pública