PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês
Homem dirigindo BMW é morto a tiros após sair de festa na zona sul de SP

Câmeras de segurança da região registraram o momento em que um motociclista com um garupa se aproximam do veículo da vítima e atiram - Reprodução/TV Globo
Câmeras de segurança da região registraram o momento em que um motociclista com um garupa se aproximam do veículo da vítima e atiram Imagem: Reprodução/TV Globo

Do UOL, em São Paulo

23/10/2020 08h26

O motorista de uma BMW foi morto a tiros na madrugada de ontem na Estrada de Itapecerica, na zona sul de São Paulo, após se despedir de algumas pessoas depois de sair de uma festa. Segundo a polícia, a vítima teria brigado no local e foi seguido após sair do espaço. As informações são do SP2, da TV Globo.

Segundo o jornal, a polícia identificou o homem como sendo Everton Oliveira Chiquini, de 30 anos. O momento do crime foi gravado por câmeras de segurança da região que mostram que, momentos antes de o homem ser morto, três pessoas saíram do carro que Everton dirigia e subiram uma rua próxima.

Atrás do carro da vítima estava um outro automóvel branco, que ainda não se sabe porque estava atrás do veículo de Everton. Segundos após o carro branco sair do local, um motociclista com um garupa pararam a moto ao lado da BMW e um deles disparou quatro vezes contra Everton, que morreu no local.

Após o crime, outra pessoa — que era o dono do carro — sai do veículo que Everton estava e corre atrás do trio que havia saído anteriormente.

Testemunhas já foram ouvidas pela polícia. O trio de mulheres que saiu primeiro do veículo da vítima revelou à polícia que conheceu Everton na festa e pediram uma carona até a Estrada de Itapecerica.

A polícia investiga a possibilidade de o crime ter sido motivado pela briga na festa ou tenha sido um crime planejado, já que Everton ficou preso por 10 anos devido a condenações por roubo e estelionato.

O UOL tenta contato com a SSP (Secretaria de Segurança Pública) para saber mais detalhes do caso, mas, até o momento, não teve retorno.

Cotidiano