PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês

Adolescentes furtam Porsche de mais de R$ 400 mil em MT e confessam o crime

Jovens acabaram abandonado carro por falta de combustível - Divulgação/Polícia Militar-MT
Jovens acabaram abandonado carro por falta de combustível Imagem: Divulgação/Polícia Militar-MT

Naian Lopes

Colaboração para o UOL

11/05/2021 18h13Atualizada em 12/05/2021 08h31

Três adolescentes foram apreendidos ontem em Porto dos Gaúchos (MT) depois de confessarem terem furtado um Porshe Carrera, avaliado em mais de R$ 400 mil, e abandonado o veículo logo em seguida em uma área de mata, depois que o combustível acabou.

"Os menores confessaram o furto e disseram que pretendia levar o veículo para Sinop", contou o sargento Waldecir Laércio da Silva, responsável pelo Pelotão da Polícia Militar da cidade, que fica a 645km da capital, Cuiabá.

Segundo o sargento, a prisão aconteceu quando a Patrulha Rural de Juara, outra cidade mato-grossense, encontrou os três adolescentes, dois de 15 anos e um de 17, à beira da estrada pedindo carona. Quando os policiais foram realizar a abordagem, eles saíram correndo e entraram em uma casa abandonada, quando foram contidos pelos agentes.

"No depoimento, eles não falavam coisa com coisa e confessaram o furto", conta Laércio, que explicou ainda que, a partir daí, a patrulha saiu na busca do Porsche, que foi encontrado exatamente no local indicado pelos menores. "O carro está em perfeito estado e não houve nenhum dano", completou.

Os menores confessaram, em depoimento, que entraram no imóvel em que o veículo estava após cortarem a cerca elétrica e pularem o muro. Além de invadir o terreno, eles tiveram acesso à casa e pegaram a chave do Porsche, afirmando que furtaram o veículo sem que ninguém da casa percebesse.

"O proprietário já está com o carro normalmente", confirma o sargento.

A identidade do dono do veículo não foi revelada, mas a PM confirmou que trata-se de um pecuarista que mora na cidade de Juara.

Os três menores estão detidos e aguardando vaga para internação na Fundação Casa, acompanhados por conselheiros tutelares. O sargento informou que, questionados, os menores disseram apenas que levariam o veículo até Sinop, que fica a 235km de distância, mas não disseram se já havia um receptador esperando.

A Polícia Civil abriu inquérito quando o proprietário do Porsche registrou o boletim de ocorrência, mas mesmo com a identificação dos adolescentes as investigações seguirão e tentarão descobrir como os menores pretendiam vender o carro.

O Porsche Carrera é um dos carros de base da marca e é vendido em diversas faixas de preço. Alguns modelos chegam a valer mais de R$ 1 milhão. O furtado, no entanto, está avaliado em pouco mais de R$ 400 mil, segundo informações da Polícia Militar.

Cotidiano