PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês

Ciclone Yakecan causa ressaca forte em SP e RJ; DF tem recorde com 1,4 ºC

Arquivo: Em Montevidéu, ciclone extratropical também provocou fortes rajadas de vento ao passar por lá - PABLO PORCIUNCULA / AFP
Arquivo: Em Montevidéu, ciclone extratropical também provocou fortes rajadas de vento ao passar por lá Imagem: PABLO PORCIUNCULA / AFP

Do UOL, em São Paulo

19/05/2022 09h42Atualizada em 19/05/2022 12h25

Após ter atingido a região Sul do Brasil, a tempestade Yakecan avançou para a região Sudeste e pode provocar rajadas de vento de até 90 km/h no litoral de São Paulo e do Rio de Janeiro, segundo o Climatempo.

O fenômeno subtropical avança sobre o mar em direção ao litoral paulista no decorrer do dia de hoje, mas depois se afasta do Brasil.

Segundo a GloboNews, o porto de Santos precisou interromper chegadas e partidas por causa dos ventos fortes.

Apesar da tempestade estar perdendo força comparado ao que foi visto no litoral do Rio Grande do Sul e Santa Catarina, a ressaca provocada pela Yakecan deixa o mar agitado no litoral central e sul do Rio de Janeiro, com ondas de 2,5 a 4 metros.

Na passagem pelo Sul, a ventania deixou 220 mil pessoas sem energia elétrica no Rio Grande do Sul, na terça-feira (17). Os ventos também derrubaram árvores, postes e fiações elétricas em municípios.

São Paulo teve temperaturas girando em torno de 7,9 °C, com sensação térmica próxima aos 2 °C durante a madrugada, segundo o CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas da Prefeitura de SP).

Nas estações meteorológicas da prefeitura, os termômetros chegaram a 6,4 °C em Parelheiros e 8,5 °C na Consolação. O dia deve ter Sol entre nuvens, com sensação de frio persistindo e máxima de 16ºC, apesar do vento fazer com que a sensação térmica seja de mais frio. Não há previsão de chuva.

Recorde no Distrito Federal

Em relação ao frio, o Distrito Federal bateu recorde histórico e registrou 1,4 ºC de temperatura, com sensação térmica chegando a -1 ºC, de acordo com o InMet. O recorde anterior foi em 1975, quando a temperatura chegou a 1,6 ºC.

As temperaturas continuarão baixas na capital federal pelos próximos dias, segundo o Climatempo. Amanhã a mínima é de 7 ºC e sábado os termômetros batem os 9 ºC, chegando aos 11 ºC no domingo.

Cotidiano