Jogo do Tigre: como motoboy que ficou milionário deu pista para prisões

O Jogo do Tigre, também conhecido como Fortune Tiger, voltou aos holofotes após a Polícia Civil do Paraná prender três homens em uma operação contra um grupo criminoso responsável por lesar vítimas através de jogos de azar.

O que aconteceu:

Presos fizeram vítimas em todo o Brasil. Segundo reportagem do "Fantástico", Eduardo Campelo, Gabriel e Ricardo foram presos por utilizar o caça-níquel eletrônico para enganar vítimas em todo o país. Ezequiel, um quarto integrante do grupo, não foi encontrado.

Foi a divulgação nas redes sociais de um enriquecimento repentino que chamou a atenção das autoridades. "Olha aí, minha rapaziada. Ex-motoboy comprando carro de R$ 1 milhão", disse o influenciador Du Campelo em vídeo antigo.

Durante as investigações, o grupo fez também uma ação em um posto de gasolina de Curitiba. Na ocasião, eles ofereceram R$ 8 mil em gasolina para motoboys. Para chamar atenção nas redes sociais, eles também publicavam vídeos com bebidas e carros de luxo.

R$ 12 milhões movimentados em seis meses. Ainda de acordo com o programa da TV Globo, eles tinham cerca de um milhão de seguidores e ganhavam entre R$ 5 e R$ 15 mil por campanha de sete dias de divulgação do jogo. O grupo também dava dicas e promovia rifas online para conquistar novos participantes —ganhando entre R$ 10 e R$ 30 por novo cadastrado nas plataformas.

Polícia Civil do Paraná apreendeu carros e motos de luxo, US$ 3,2 mil (cerca de R$ 15,7 mil), R$ 700, seis celulares, duas armas de fogo e um tablet
Polícia Civil do Paraná apreendeu carros e motos de luxo, US$ 3,2 mil (cerca de R$ 15,7 mil), R$ 700, seis celulares, duas armas de fogo e um tablet Imagem: Divulgação / Adilson Domingues / PCPR

Carros e dinheiro apreendidos. Segundo a Polícia Civil do Paraná, durante a operação, foram apreendidos carros e motos de luxo, US$ 3.200 (cerca de R$ 15,7 mil), R$ 700, seis celulares, duas armas de fogo e um tablet.

Investigação segue aberta. Agora, os envolvidos são investigados por crime contra a economia popular, associação criminosa, exploração de loteria sem a autorização legal e lavagem de dinheiro.

Continua após a publicidade

Esquema semelhante já havia sido identificado no Maranhão. Em setembro deste ano, Skarlete Mello foi o principal alvo da operação Quebrando a Banca, da Polícia Civil do Maranhão, que também investiga o "jogo do tigre". Na época, os policiais monitoraram as movimentações financeiras da influenciadora digital e notaram valores "anormais", a ponto de a Justiça autorizar o bloqueio de R$ 8 milhões em conta bancária.

O que é o Jogo do Tigre?

Jogo do Tigre
Jogo do Tigre Imagem: Reprodução/YouTube

O Jogo do Tigre, também conhecido como Fortune Tiger, simula um caça-níquel e pode ser jogado no celular ou computador. O jogador precisa combinar três símbolos para vencer: são três figuras idênticas em três fileiras para ganhar prêmios em dinheiro.

Há diversas combinações de três figuras, que valem prêmios diferentes. Laranjas, foguetes e envelopes representam prêmios mais modestos, enquanto saco de moedas, amuleto da sorte e lingote de ouro são para valores mais altos. O símbolo do Tigre da Fortuna atua como um coringa, substituindo todos os outros símbolos.

Jogo promete multiplicar ganhos em rodadas-surpresa. O jogo oferece a perspectiva de um multiplicador de até dez vezes o valor da aposta em uma rodada bônus que é ativada aleatoriamente. Anúncios relacionados ao jogo alegam que um apostador de sorte ganhou R$ 270 mil, mas a veracidade dessa informação não pôde ser confirmada.

Continua após a publicidade

Há mais de um jogo do Tigre nas lojas de aplicativos. Como é um jogo simples, é fácil de ser copiado por diversas empresas. Há várias opções de jogos caça-níquel com a figura de um tigre nas lojas oficiais de aplicativos.

É possível perder dinheiro apostando?

Sim. Como a maioria dos jogos de azar, o Jogo do Tigre é projetado para favorecer a plataforma. As probabilidades são calculadas para garantir que, a longo prazo, a maioria dos jogadores perca mais dinheiro do que ganha, dizem especialistas.

Em muitos jogos, é preciso fazer um depósito inicial para começar, e este valor é difícil de recuperar. Alguns também exigem um valor mínimo para sacar o que ganhou.

Plataformas de jogos estão registradas no exterior, o que dificulta acionar a Justiça em caso de danos. Os jogadores têm poucas opções legais para buscar reparação se forem prejudicados ou se não receberem os prêmios prometidos.

Também há o risco do endividamento e vício. Alguns jogadores podem fazer apostas maiores na esperança de ganhar mais rapidamente. Outros podem desenvolver vícios em jogos de azar, levando a perdas contínuas, problemas de saúde mental e impactos nas relações pessoais e profissionais.

Continua após a publicidade

É ilegal?

Sim, porque é baseado em sorte e sua exploração não é autorizada. A legislação brasileira considera o jogo de azar como uma contravenção penal, o que significa que é ilegal. O Jogo do Tigre se enquadra nessa definição, porque os resultados são determinados por um algoritmo, dependendo principalmente da sorte.

Pena é de prisão e multa. Quem estabelece ou explora esse tipo de jogo pode ser punido com prisão ou multa, e quem joga, mesmo online, pode ser multado por se enquadrar em contravenção penal.

Além de perder dinheiro, os jogadores enfrentam outros riscos, como vazamento de dados. As plataformas que hospedam esses jogos muitas vezes não priorizam a segurança dos dados dos usuários, tornando-os vulneráveis a vazamentos de informações pessoais e ataques de malware.

*Com reportagem publicada em 18/10/2023

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes