PUBLICIDADE
Topo

Na reta final, Boulos suspende agendas de rua por causa da covid-19

Guilherme Boulos (PSOL-SP) chega a evento em um hotel no centro de São Paulo - Nathan Lopes/UOL
Guilherme Boulos (PSOL-SP) chega a evento em um hotel no centro de São Paulo Imagem: Nathan Lopes/UOL

Nathan Lopes

Do UOL, em São Paulo

24/11/2020 11h27Atualizada em 24/11/2020 11h54

O candidato do PSOL a prefeito de São Paulo, Guilherme Boulos, decidiu suspender as agendas de rua de sua campanha após uma aliada ter sido diagnosticada com a covid-19. Ontem, a deputada federal Sâmia Bomfim (PSOL-SP) anunciou que está com o novo coronavírus. Boulos disse que fará o teste para saber se contraiu a doença.

"Tomamos a decisão de, até sair o resultado do teste, por absoluta precaução, não fazer agendas públicas de rua", disse hoje Boulos após ser questionado pelo UOL.

Na última sexta-feira (20), a parlamentar esteve em um evento com Boulos em um hotel no centro da capital paulistana. Na ocasião, o candidato formalizou os apoios que recebeu de PT, PDT, PCdoB e Rede para o segundo turno contra Bruno Covas (PSDB).

"Precaução"

Boulos voltou a ressaltar que não teve contato direto com a deputada e que todos estavam usando máscaras no salão do hotel em que foi realizado o evento, um ambiente fechado.

"Não tenho qualquer tipo de sintoma. Agora, por precaução, nós decidimos fazer o teste", disse Boulos. O exame deve ser realizado amanhã. Ele disse que sua equipe não encontrou horário em hospitais e laboratórios para fazer o teste hoje, o que serviu para o candidato cutucar Covas a respeito do combate à pandemia.

"É expressão do aumento do número de casos e internações na cidade de São Paulo, que, inclusive, o prefeito parece subestimar e buscar esconder."

Nada de rua

Ontem, após a deputada ter anunciado que havia contraído o vírus, Boulos promoveu uma agenda de rua no centro paulistano. Na ocasião, houve aglomeração mais uma vez. A falta de distanciamento também é vista nas agendas de Bruno Covas.

Agenda de rua de Guilherme Boulos causou aglomeração ontem - Nathan Lopes/UOL - Nathan Lopes/UOL
Agenda de rua de Guilherme Boulos causou aglomeração ontem
Imagem: Nathan Lopes/UOL

O candidato do PSOL diz que manterá agendas fechadas, como a de hoje, em que conversou com servidores públicos. O evento foi realizado no mesmo salão em que estiveram Sâmia, Boulos e outros apoiadores na sexta-feira.

A decisão de deixar de lado a campanha de rua neste momento não deve ter impacto relevante, já que Boulos tem focado em entrevistas e encontros fechados durante a semana.

Na rua, as atividades deverão ser conduzidas mais por sua candidata a vice, a deputada federal Luiza Erundina (PSOL). Ela já tem mantido uma agenda diferenciada da de Boulos.

O candidato também comentou seu crescimento na última pesquisa do Datafolha, em que a diferença para Covas caiu a dez pontos percentuais. "Está crescendo a onda da mudança em São Paulo."