Egito diz ter encontrado destroços de avião da EgyptAir que caiu no Mediterrâneo

Do UOL, em São Paulo

Equipes egípcias que buscam os destroços do Airbus A320 da EgyptAir, que caiu em 19 de maio durante um voo entre Paris e o Cairo e deixou 66 mortos, anunciaram nesta quarta-feira (15) que peças do avião foram vistas em diferentes áreas do mar Mediterrâneo, local da queda.

As autoridades egípcias irão fazer um mapa dos destroços para verificar a extensão do impacto. Ainda não se sabe o que causou a queda do avião, mas as autoridades apontam que uma provável explosão tenha ocorrido.   

O voo MS804 da EgyptAir desapareceu dos radares pouco depois de entrar no espaço aéreo egípcio, no dia 19 de maio. O Egito cogitou que a queda poderia ter sido um ato de terrorismo, mas nenhum grupo reivindicou a autoria de um possível ataque.

O avião emitiu dois alertas automáticos dois minutos antes da queda, indicando fumaça dentro da cabine dos pilotos e falha no computador dos comandos.

Autoridades dizem ter encontrado caixa-preta de aeronave

  •  

Segundo informações do Ministério da Defesa da Grécia, o avião fez "guinadas repentinas" e mergulhou no ar antes de desaparecer dos radares sobre o sul do Mediterrâneo.

A maioria dos 56 passageiros --10 eram tripulantes--, entre os quais estavam dois bebês e uma criança, era de nacionalidade egípcia (30) e francesa (15). Destroços e corpos foram encontrados no Mediterrâneo dias depois do acidente.

No dia 1º de junho, a Aviação Civil francesa confirmou ter captado um sinal que corresponde ao de uma das duas caixas-pretas do voo. Depois disso, a zona de buscas foi reduzida.

Encontrar as caixas-pretas é fundamental para que o desaparecimento do voo MS804 seja explicado. Cada gravador, um contendo gravações de voz da cabine e outro contendo dados do jato Airbus A320, é acoplado a um equipamento que emite sinais acústicos por 30 dias, dando tempo limitado às equipes de resgate. Elas deverão perder o sinal no próximo dia 24. (Com agências internacionais)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos