PUBLICIDADE
Topo

Japão veta karaokê em bares e restaurantes de Tóquio por causa da covid-19

Feirantes em Ueno, na província de Taito, no Japão - Jérémy Stenuit/Unsplash
Feirantes em Ueno, na província de Taito, no Japão Imagem: Jérémy Stenuit/Unsplash

31/03/2020 12h34

Tradição das mais populares no Japão, o karaokê é mais uma das atividades culturais afetadas pelo novo coronavírus no país. Segundo o site The Guardian, a governadora de Tóquio, Yuriko Koike, pediu aos moradores da capital que abandonem a prática de cantar em bares e restaurantes.

A governadora fez um apelo aos 14 milhões de residentes de Tóquio para que suspendam as sessões de karaokê até o dia 12 de abril.

O Japão não foi afetado por um surto grave como o que ocorre nos EUA, Itália, Espanha e Irã, mas um aumento de casos na capital levantou um alerta. Crescem os pedidos às autoridades públicas para que sejam tomadas medidas mais duras em relação à disseminação da covid-19.

Nesta semana, um dos comediantes mais conhecidos no país, Ken Shimura, morreu após contrair o vírus.

"O número de infecções continua a crescer desde a semana passada, e estamos em um momento crucial, que vai determinar se poderemos minimizar o número de infecções futuras", disse a governadora.

Koike também pediu que, além de bares e restaurantes, as pessoas evitem sair à noite e passeios desnecessários no fim de semana até o dia 12 de abril.

Coronavírus liga alerta pelo mundo

Coronavírus