PUBLICIDADE
Topo

Lar de veteranos de guerra nos EUA tem 11 mortes após surto de coronavírus

Fachada do Soldiers" Home, lar para veteranos de guerra na cidade de Holyoke, Massachusetts - Reprodução/Facebook
Fachada do Soldiers' Home, lar para veteranos de guerra na cidade de Holyoke, Massachusetts Imagem: Reprodução/Facebook

Do UOL, em São Paulo

31/03/2020 15h46

Uma sequência de mortes em um lar de veteranos de guerra surpreendeu até mesmo o próprio prefeito da cidade americana de Holyoke, no estado de Massachusetts. Alex Morse, gestor do município, se disse "chocado" ao receber a notícia de que 11 veteranos morreram em consequência de um surto do coronavírus.

Morse foi o responsável por dar a notícia nesta terça-feira, em uma transmissão ao vivo no Facebook. Ele esclareceu que, dos 11 mortos, cinco já fizeram testes e deram positivo para a covid-19. Outros cinco ainda aguardam resultado e um último segue sem informações a respeito.

O superintendente do local foi afastado e colocado em licença remunerada. Além dos 11 mortos, mais cinco funcionários testaram positivo para a covid-19, totalizando 16 infectados. O lar afirma ter capacidade para abrigar até 247 veteranos de guerra, mas não se sabe qual é a sua lotação no momento.

Segundo o prefeito, as vítimas da doença morreram entre quarta-feira passada e a última segunda. No entanto, ele só ficou sabendo da gravidade da situação no domingo, quando foi informado que já havia oito mortos. Morse afirma que houve uma "clara ausência de comunicado de urgência".

A pandemia do coronavírus segue aumentando seus números nos Estados Unidos. De acordo com os dados oficiais, até esta terça o país já havia registrado 163.539 casos, somando 2.860 mortes.

Coronavírus liga alerta pelo mundo

Coronavírus