PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
10 meses

Estátua de Cristóvão Colombo é incendiada e jogada em lago nos EUA

Estátua de Colombo foi jogada em lago, na cidade de Richmond (EUA) - Reprodução/Twitter
Estátua de Colombo foi jogada em lago, na cidade de Richmond (EUA) Imagem: Reprodução/Twitter

Do UOL, em São Paulo

10/06/2020 08h31Atualizada em 10/06/2020 11h03

Uma estátua de Cristóvão Colombo foi derrubada, incendiada e jogada em um lago em Richmond, no estado americano da Virgínia, na noite de ontem, durante protestos que pediam justiça no caso George Floyd — homem negro que foi asfixiado por um policial branco há duas semanas em Minneapolis, no estado de Minnesota.

Desde a morte de Floyd, protestos contra o racismo e a violência policial têm tomado as ruas de várias cidades no mundo. No último fim de semana, manifestantes da cidade britânica de Bristol derrubaram uma estátua de Edward Colston, um mercador de escravos.

Ontem, em Richmond, uma estátua de Cristóvão Colombo foi retirada, incendiada e jogada em um lago da cidade, em protesto contra o genocídio nos americanos nativos. Colombo, o primeiro navegante a chegar no continente americano, é considerado um símbolo da colonização e da violência imposta pelos europeus aos índios que habitavam a América.

O governador do estado da Virgínia, Ralph Northam, já havia se posicionado a favor da retirada de estátuas que homenageassem a escravidão.

"Na Virgínia, nós não pregamos mais uma versão falsa da história. Aquela que finge que a Guerra Civil era sobre direitos de estado, e não sobre os demônios da escravidão. Ninguém acredita mais nisso", disse Northam.

"Em 2020, nós não podemos mais vangloriar um sistema que se baseava na compra e venda de pessoas escravizadas", declarou.

Internacional