PUBLICIDADE
Topo

Mulher que viralizou por ato racista morre após ser atropelada por caminhão

Rachel Dawn Ruit foi atingida por um caminhão dos bombeiros de Ashville - Divulgação/Asheville PD
Rachel Dawn Ruit foi atingida por um caminhão dos bombeiros de Ashville Imagem: Divulgação/Asheville PD

Do UOL, em São Paulo

15/07/2020 13h53

Uma mulher da Carolina do Norte, nos Estados Unidos, que viralizou nas redes sociais por gritos e atos racistas e depois acabou presa por agressão, morreu depois de ser atropelada por um caminhão dos bombeiros na tarde de ontem.

De acordo com WSNA, afiliada da rede CBS, e o Citizen Times, Rachel Dawn Ruit morreu por conta dos ferimentos que sofreu ao ser atingida por um caminhão dos bombeiros de Ashville. Ela teria surgido no meio da rua, invadindo o tráfego de veículos.

Rachel chegou a ser internada no Mission Hospital em estado crítico.

Em 4 de julho, Ruit foi presa por supostamente atacar uma mulher que vestia um hijab e uma adolescente negra. Segundo o "TMZ", Ruit teria arrancado a hijab da cabeça da mulher e agarrado a adolescente negra pela virilha. Ela foi presa e acusada de agressão, desordem e invasão.

Antes de ser presa, Ruit foi vista em vídeos publicados na internet entre 13 de junho e 1º de julho gritando palavras de ódio.

Internacional