PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
1 mês

Parlamentar indiana diz que bebe urina de vaca para evitar a covid-19

Parlamentar indiana Pragya Singh Thakur, de 51 anos - Reprodução/Twitter
Parlamentar indiana Pragya Singh Thakur, de 51 anos Imagem: Reprodução/Twitter

Colaboração para o UOL, em São Paulo

18/05/2021 14h02

A parlamentar indiana Pragya Singh Thakur, de 51 anos, disse em uma explanação no domingo (16) que bebe urina de vaca para evitar a contaminação de covid-19. Apesar da declaração, ela não apresentou provas científicas sobre os efeitos benéficos do método. Médicos no país já alertaram para os riscos da prática.

Pragya pertence ao BJP (Partido do Povo Indiano, tradução para o português) e fez a afirmação publicamente durante o evento na cidade de Bhopal. Segundo ela, a ingestão acontece após uma oração. No país, há religiões que cultuam a vaca como um animal sagrado.

"A arca grau-mutra (extrato de urina) de vaca nos mantém longe de infecções pulmonares. Estou com muitos problemas de saúde, mas tomo a arca grau-mutra todos os dias", disse.

É uma espécie de ácido que purifica o meu corpo. Também limpa os pulmões e salva da infecção por covid-19. Não tomo nenhum outro medicamento contra o coronavírus, mas estou segura"

Após a repercussão negativa da declaração, Pragya enfatizou sua crença. "Recomendei [o extrato de urina] porque tem respaldo científico", disse, sem apresentar o estudo citado.

Na semana passada, médicos indianos alertaram as pessoas para que não cubram seus corpos com esterco e urina de vaca. Os especialistas temem que o costume possa aumentar a proliferação de doenças.

"Não há nenhuma evidência científica concreta de que o esterco de vaca ou a urina aumentem a imunidade contra a covid-19, isso é inteiramente baseado na crença", explicou JA. Jayalal, presidente nacional da Associação Médica Indiana.

Nas últimas 24 horas foram registradas 4.329 mortes por covid-19 no país. Atualmente, a doença já matou mais de 270 mil pessoas.

Internacional