PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
1 mês

Atirador que matou 21 em escola do Texas avisou 3 vezes sobre crimes

Pelo menos 19 crianças morreram durante ataque dentro de escola primária na cidade de Udalve, no Texas; ainda há 17 feridos em hospitais - Jordan Vonderhaar / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / Getty Images via AFP
Pelo menos 19 crianças morreram durante ataque dentro de escola primária na cidade de Udalve, no Texas; ainda há 17 feridos em hospitais Imagem: Jordan Vonderhaar / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / Getty Images via AFP

Do UOL, em São Paulo

25/05/2022 16h33Atualizada em 25/05/2022 16h33

O atirador que deixou 19 crianças e dois adultos mortos após abrir fogo na Robb Elementary School, em Uvalde, no Texas (EUA), fez publicações nas redes sociais informando que cometeria o crime pouco antes de sair de casa, na manhã de ontem.

A informação foi dada pelo governador do Texas, Greg Abbott, em coletiva de imprensa nesta quarta-feira (25).

Ele alegou que as três publicações feitas por Salvador Ramos no Facebook foram a "única informação" dada com antecedência sobre os atos de violência cometidos por ele.

"A primeira postagem dizia 'eu vou atirar na minha avó'. A segunda dizia 'eu atirei na minha avó'. A terceira publicação, feita cerca de 15 minutos antes de entrar na escola, dizia 'eu vou atirar em uma escola primária", disse o governador em coletiva de imprensa.

Abbott Também afirmou que o atirador tinha algum problema de saúde mental, e apontou este como um dos problemas a serem solucionados no estado. "Precisamos fazer um trabalho melhor com a saúde mental. Uma pessoa que atira em outra tem algum problema de saúde mental", disse.

Na manhã de hoje, usuários do Twitter resgataram publicações feitas por Abbott em apoio à compra de armas no Texas e o criticaram por dar apoio abertamente ao armamento da população.

Em junho de 2021, Abbott assinou sete leis para facilitar o porte de arma no Texas e blindar seus compradores. Um dos projetos de lei aprovados permite que hóspedes guardem suas armas de fogo em quartos de hotel. Outra protege texanos de regulamentos federais de controles de arma.

O democrata Beto O'Ruke, que foi congressista entre os anos de 2013 e 2019 e tenta concorrer ao cargo de governador do Texas nas próximas eleições, chegou a interromper a coletiva de imprensa de Abbott afirmando que "a hora de parar o próximo tiroteio é agora" e dizendo que o político "não está fazendo nada".

Ele foi acompanhado por policiais para fora do local onde a coletiva era realizada.

Na ocasião, o governador afirmou que, além das 19 crianças e dos dois adultos mortos, 17 pessoas estão feridas. Nenhuma delas, segundo o governador, corre risco de morte.

Internacional