Topo

Conteúdo publicado há
10 meses

Bilionário, especialista em Titanic: quem são os mortos em submersível?

Hamish Harding e Stockton Rush (acima); Paul-Henri Nargeolet, Suleman Dawood e seu pai Shahzada Dawood (abaixo) - Joël SAGET / AFP
Hamish Harding e Stockton Rush (acima); Paul-Henri Nargeolet, Suleman Dawood e seu pai Shahzada Dawood (abaixo) Imagem: Joël SAGET / AFP

Do UOL, em São Paulo

22/06/2023 16h32Atualizada em 23/06/2023 17h25

Um piloto e quatro passageiros morreram a bordo do submersível que implodiu no Oceano Atlântico durante viagem para ver os destroços do Titanic. A informação foi confirmada pela OceanGate, empresa que promove a expedição até o Titanic, e pela Guarda Costeira dos Estados Unidos na tarde de hoje.

Quem são eles:

Hamish Harding

Hamish Harding faz parte de expedição até destroços do Titanic - Reprodução/Redes Sociais - Reprodução/Redes Sociais
Hamish Harding faz parte de expedição até destroços do Titanic
Imagem: Reprodução/Redes Sociais

O bilionário de 58 anos era presidente da empresa de aviação Action Aviation. Harding visitou o Polo Sul várias vezes e foi ao espaço em 2022 a bordo de um voo da Blue Origin.

Ele tinha três registros no Guinness World Records, segundo a BBC, incluindo o recorde de maior tempo gasto em profundidade total do oceano, em mergulho na Fossa das Marianas.

Hamish Harding anunciou nas redes sociais que faria parte da expedição. Na publicação, ele disse estar orgulhoso por fazer parte do grupo de "exploradores lendários".

Shahzada e Suleman Dawood

vice-presidente da Engro Corporation Limited Shahzada Dawood, que se diz estar entre os passageiros a bordo do submarino que desapareceu na viagem aos destroços do Titanic - ENGRO CORPORATION LIMITED/via REUTERS - ENGRO CORPORATION LIMITED/via REUTERS
Vice-presidente da Engro Corporation Limited Shahzada Dawood
Imagem: ENGRO CORPORATION LIMITED/via REUTERS

O empresário paquistanês Shahzada Dawood, de 48 anos, e seu filho, Suleman, também estavam a bordo, informou a família em comunicado.

Shahzada Dawood era o vice-presidente de um dos maiores conglomerados do Paquistão, a Engro Corporation, que tem investimentos em fertilizantes, fabricação de veículos, energia e tecnologias digitais.

Ele morava na Grã-Bretanha com sua esposa e dois filhos. Suleman era estudante da Universidade de Strathclyde, na Escócia.

Paul-Henry Nargeolet

Nargeolet era ex-comandante da Marinha Francesa e considerado um dos maiores especialistas do naufrágio do Titanic, segundo informações do The Guardian.

Ele era ex-comandante da Marinha Francesa, piloto de submersível, especialista em mergulho profundo e diretor do programa de pesquisa subaquática para o Grupo E/M e Titanic.

Nargeolet seria a principal "autoridade no local do naufrágio" e já liderou ao menos 30 expedições ao local do Titanic e supervisionou a recuperação de cinco mil artefatos.

Paul-Henry Nargeolet é ex-comandante da Marinha Francesa - Reprodução/LinkedIn - Reprodução/LinkedIn
Paul-Henry Nargeolet foi comandante da Marinha Francesa
Imagem: Reprodução/LinkedIn

Stockton Rush

Era o presidente da OceanGate, responsável pela expedição, e "estava a bordo do submersível como membro da tripulação", segundo informou a empresa.

Ele era casado com Wendy Rush, herdeira do magnata do varejo Isidor Straus e sua esposa Ida. Eles eram duas das pessoas mais ricas a bordo do Titanic, apontam arquivos obtidos pelo NYT.

FOTO DE ARQUIVO: Stockton Rush, CEO das exposições OceanGate, posa na Times Square em Nova York, EUA, 12 de abril de 2017 - Shannon Stapleton/REUTERS - Shannon Stapleton/REUTERS
Stockton Rush, CEO da OceanGate, posa na Times Square em Nova York, EUA, em 12 de abril de 2017
Imagem: Shannon Stapleton/REUTERS

Expedição custa mais de R$ 1 milhão por pessoa

Os mergulhos exclusivos custam US$ 250 mil (cerca de R$ 1,192 milhão) por pessoa. A expedição dura oito dias e o pacote também inclui opção de mergulho de oito horas até os destroços da embarcação inglesa afundada em 1912 após se chocar contra um iceberg.

*Com informações de Reuters