Conteúdo publicado há 2 meses

Com Zelensky, Argentina reforça segurança e usa blindados e drones em posse

A segurança em Buenos Aires foi reforçada para a posse do presidente eleito da Argentina, Javier Milei, que terá a presença do presidente ucraniano, Volodimir Zelensky.

O que aconteceu

Sete mil agentes foram mobilizados para o evento. Militares, forças federais e a polícia de Buenos Aires foram destacados para garantir a segurança da posse, além de veículos blindados, drones e helicópteros.

Acompanhe a posse ao vivo a partir das 11h no UOL.

Estações de metrô no entorno do Congresso e da Casa Rosada, sede da Presidência, foram fechadas e há desvios de ônibus. Grades de ferro também foram instaladas nos arredores da Casa Legislativa para acomodar quem vai às ruas.

O evento deve iniciar com o juramento do ultradireitista, no Congresso. Em seguida, Milei deve quebrar a tradição e fazer um discurso nas escadarias do edifício para o público presente do lado de fora do prédio. Ele ficará de costas para a Casa, e não se dirigirá à Assembleia como é tradicional. O presidente eleito pediu para que os argentinos fossem ao local com a bandeira argentina e vestindo camisa da seleção.

Argentinos usam camisa da seleção para posse de Javier Milei
Argentinos usam camisa da seleção para posse de Javier Milei Imagem: Amanda Cotrim/UOL

A segurança foi reforçada devido à presença do presidente da Ucrânia. Zelensky desembarcou na Argentina na madrugada de hoje sob forte esquema de segurança — um protocolo para a derrubada de aviões que sobrevoassem o espaço aéreo argentino sem autorização foi adotado, conforme o jornal local Clarín. Argentinos ouvidos pela reportagem do UOL disseram sentir medo em razão da presença dele, pelo operativo instalado na cidade.

O ex-presidente Jair Bolsonaro chegou ao Congresso argentino por volta das 10h40 para participar da posse. Ele e Milei se reuniram na sexta-feira (8).O presidente Lula escalou o chanceler Mauro Vieira para representá-lo.

Continua após a publicidade

Milei vai circular em um carro conversível junto da irmã, Karina. Depois de deixar o Congresso ele irá num carro aberto à catedral da cidade, onde participa de uma missa às 13h.

Autoridades serão recebidos por Milei no salão branco da Casa Rosada, por volta das 14h. No mesmo local os ministros serão empossados às 17h30.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes

As mais lidas agora