Conteúdo publicado há 16 dias

Zelensky acusa Lula de fazer 'aliança com agressor', diz jornal

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, acusou o presidente Lula (PT) de fazer "aliança com agressor", em referência ao presidente russo, Vladimir Putin.

O que aconteceu

Zelensky tem cobrado publicamente um posicionamento de Lula desde que o petista assumiu o governo. O Itamaraty tem desconversado e pedido "solução pelo diálogo", o que irrita o ucraniano.

"O Brasil deve estar do nosso lado e dar um ultimato ao agressor, por que temos de voltar a repetir estas coisas?", disse Zelensky, em fala reproduzida pelo jornal O Globo. O presidente recebeu jornalistas da América Latina no prédio do governo em Kiev.

O ucraniano questionou os motivos de Lula não condenar Putin com mais veemência. "Pela memória histórica, por temas econômicos? A economia é importante até que chega uma guerra, e quando a guerra chega os valores mudam. Pesam mais as crianças, a família, a vida, só depois está o comércio com a Federação Russa", pontuou.

Os dois se reuniram pessoalmente em novembro de 2023 em Nova York, mas não chegaram a consenso. Zelensky voltou a pedir um posicionamento mais duro do governo brasileiro e Lula insistiu em uma "saída pacífica".

Lula tem falado pouco no assunto, mas mantém a solução de duas vias. Quando trata da guerra, diz que condena a invasão russa e que o governo brasileiro busca a paz, mas não tem mais procurado intervir.

A guerra começou em fevereiro de 2022, quando a Rússia invadiu a Ucrânia. Desde então, mais de 10 mil civis já foram mortos, segundo a ONU (Organização das Nações Unidas), sendo a grande maioria ucraniana.

Deixe seu comentário

Só para assinantes