Apresentador da BBC se emociona ao vivo por morte de família de colega

O apresentador da BBC Mark Chapman se emocionou ao vivo ao enviar uma mensagem de solidariedade ao seu colega, o comentarista John Hunt, que perdeu a mulher e duas filhas, vítimas de assassinato.

O que aconteceu

Mark Chapman se emocionou ao falar ao vivo sobre o caso envolvendo a família de John Hunt. Chapman é apresentador de esportes no rádio e na TV estatal britânica BBC.

Na noite de ontem, Chapman iniciou sua transmissão no rádio com uma mensagem de solidariedade ao colega cuja família foi assassinada. Ele estava apresentando o pré-jogo entre Inglaterra e Holanda pelas semifinais da Eurocopa.

"Este foi um dia de partir o coração", disse Chapman antes de entrar no assunto esportivo. "John Hunt é nosso colega e nosso amigo. Em nome de todos conectados à 5 Live Sport, nosso amor, pensamentos e apoio a John e sua família", falou com a voz embargada. O apresentador parece respirar fundo antes de continuar a transmissão e iniciar o assunto do jogo.

Entenda o caso

Kyle Clifford foi detido pela polícia ontem. Ele é suspeito de matar Carol Hunt, a esposa de 61 anos do comunicador John Hunt, e suas duas filhas, de 25 e 28 anos, em Bushey, no condado de Hertfordshire, que fica ao norte de Londres.

O crime aconteceu na terça-feira (9) na casa das mulheres. Clifford teria usado uma besta, espécie de arco e flecha em cruz, de alta precisão.

No dia, os vizinhos ouviram gritos vindos da casa e acionaram a polícia. Ao chegarem ao local os policiais encontraram as três gravemente feridas, vindo à óbito logo em seguida.

A polícia ainda não concluiu a motivação da crime, mas a imprensa britânica apurou que ele seria namorado de uma das meninas. A BBC noticiou que ele teria abandonado o exército britânico após breve serviço militar em 2022.

Continua após a publicidade

O caso levantou um debate sobre a regulação de venda e porte de armamentos como a besta. No Reino Unido, não é preciso obter uma licença para possuir uma, mas é ilegal portar a arma em público.

Deixe seu comentário

Só para assinantes