Trump propõe eliminar bilhões de programas de combate ao aquecimento global

Do UOL, em São Paulo

  • Kevin Lamarque/ Reuters

O presidente Donald Trump enviou nesta quinta-feira (16) uma proposta de orçamento ao Congresso dos EUA em que pretende eliminar os fundos destinados aos programas da ONU (Organização das Nações Unidas) sobre o clima. Os cortes sobre os recursos em proteção ambiental, que alcançam US$ 3,9 bi, incluem o fim da participação financeira dos Estados Unidos no Fundo Verde da ONU para o Clima.

Na proposta de Trump, a Iniciativa para as Mudanças Climáticas, criada por Barack Obama para dar suporte financeiro ao Acordo de Paris, seria eliminada. Obama havia dedicado um orçamento de US$ 1,3 bi com este fim.

Em sua primeira proposta orçamentária, destinada ao ano de 2018, Trump também pretende reduzir em quase um terço os fundos da EPA (Agência de Proteção Ambiental americana), a principal instituição do país a cargo das questões envolvendo as mudanças climáticas.

Se as propostas de Trump forem aceitas pelos congressistas, o orçamento da EPA será reduzido em US$ 2,6 bilhões (corte de 31%), o que incluiria a eliminação de 3.200 postos de trabalho, cerca de um quinto de todos os cargos.

Os cortes orçamentários de Trump representam uma forma de traduzir em termos financeiros as propostas polêmicas que ele apresentou em sua campanha eleitoral de eliminar os esforços dos EUA para o combate do aquecimento global.

Com agências internacionais

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos