Topo

São Paulo se manifesta contra queimadas e reclama de "ataques políticos"

São Paulo usou o Twitter para falar das queimadas na Amazônia - Reprodução/Twitter
São Paulo usou o Twitter para falar das queimadas na Amazônia Imagem: Reprodução/Twitter

Do UOL, em São Paulo

23/08/2019 21h11

O São Paulo se manifestou sobre as queimadas na Amazônia. No Twitter, o clube tricolor afirmou que "o debate sobre o meio ambiente e a vida na Terra não deveria se limitar a ataques de cunho político".

"O debate sobre o meio ambiente e a vida na Terra não deveria se limitar a ataques de cunho político. A preservação da Amazônia é de interesse direto de todo são-paulino, de todo brasileiro e de todo ser humano", publicou o São Paulo.

"De acordo com o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), o número de focos de queimadas no território brasileiro, entre janeiro e agosto de 2019, cresceu 84% em relação ao mesmo período de 2018", acrescentou.

O clube paulista ainda publicou outro tuíte com as hashtags "#RezePelaAmazônia" e "#oSPFCseImporta".

Queimadas na Amazônia: crise tem Bolsonaro culpando ONG e crítica de Macron

UOL Notícias

Mais Meio Ambiente