Topo

"Emergência climática" é escolhida Palavra do Ano pelo dicionário Oxford

Jovens saíram às ruas de mais de 160 cidades da Itália para a terceira greve global de estudantes em defesa do meio ambiente - Andreas Solaro/AFP
Jovens saíram às ruas de mais de 160 cidades da Itália para a terceira greve global de estudantes em defesa do meio ambiente Imagem: Andreas Solaro/AFP

Do UOL

21/11/2019 11h22

Depois que o dicionário Collins elegeu "greve do clima" a palavra do ano, chegou a ver do Oxford, um dos principais guias de palavras do mundo, reconhecer a importância da luta pelo meio ambiente e escolher o termo "emergência climática" como Palavra do Ano de 2019.

O anúncio foi feito ontem e, segundo o próprio dicionário Oxford, o uso do termo aumentou mais de 100 vezes em relação ao ano passado.

O Oxford define "emergência climática" como "uma situação em que é necessária uma ação urgente para reduzir ou interromper a mudança climática e evitar danos ambientais potencialmente irreversíveis".

A editora britânica elege todos os anos palavras que tiveram grande relevância no contexto histórico e social daquele período. A escolha é feita durante debate com um júri que decide com base em "potencial duradouro" e "significância cultural". No ano passado, a palavra do ano foi "tóxico".

"A palavra 'clima' tem sido fundamental para 2019 e aparece em várias frases importantes, mas a 'emergência climática' se destaca por vários motivos. Estatisticamente falando, isso representa uma nova tendência para o uso da palavra 'emergência'", disse a equipe do dicionário, segundo o jornal The New York Times.

Meio Ambiente