PUBLICIDADE
Topo

Orca que carregou filhote morto por 17 dias está grávida novamente

Em 2018, a orca percorreu 1.600 quilômetros carregando o corpo do bebê para que ele não afundasse - SR3
Em 2018, a orca percorreu 1.600 quilômetros carregando o corpo do bebê para que ele não afundasse Imagem: SR3

Do UOL, em São Paulo

28/07/2020 17h55

A orca Tahlequah, que emocionou o mundo em 2018 ao carregar seu filhote morto em luto por 17 dias, está grávida novamente.

A informação é do grupo de pesquisas SR³, que monitora a atividade das orcas no Oceano Pacífico. Imagens feitas com drones revelaram a nova gravidez do animal.

Tahlequah (ou J35, como é chamada pelos pesquisadores) não é a única orca grávida dentre as 73 monitoradas pelo grupo. A população da espécie no Pacífico é dividida em três famílias, e desde o começo do mês foram identificadas gestantes em todas elas.

De acordo com o SR³, grande parte das gestações não é bem-sucedida devido à escassez de alimentos. Por isso, a organização pediu que pescadores da região deem espaço para os animais.

Em 2018, após perder o filhote, Tahlequah percorreu 1.600 quilômetros levantando o corpo do bebê para que ele não afundasse. Pesquisadores temiam que o luto a impedisse de se alimentar, mas após 17 dias ela parou de carregá-lo.

Meio Ambiente