PUBLICIDADE
Topo

Meio Ambiente

Comissão do Senado pede a ministra informações sobre rebanhos no Pantanal

Tereza Cristina, ministra da Agricultura - ADRIANO MACHADO
Tereza Cristina, ministra da Agricultura Imagem: ADRIANO MACHADO

Luciana Amaral

Do UOL, em Brasília

30/10/2020 10h39

A comissão do Senado que acompanha as ações de enfrentamento às queimadas no Pantanal pediu hoje que a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, preste informações sobre rebanhos no bioma. Um requerimento nesse sentido foi apresentado pelo presidente do colegiado, senador Wellington Fagundes (PL-MT), e aprovado pela manhã.

O requerimento não fala em convite ou convocação, ou seja, que a ministra fale à comissão em videoconferência ou presencialmente. Ela já participou de audiência com os senadores em 9 de outubro. Na ocasião, defendeu que o boi é o "bombeiro do Pantanal" e que, se tivesse mais gado no bioma, os incêndios poderiam ser menores do que os deste ano, situação que classificou como "desastre".

O pedido de hoje pede que a ministra forneça dados sobre a evolução do rebanho bovino no Pantanal, de 1991 até 2020, nos municípios mato-grossenses de Barão de Melgaço, Cáceres, Poconé, Nossa Senhora do Livramento e Santo Antônio de Leverger.

Na justificativa para o pedido, Fagundes afirma que os dados poderão ajudar a comissão a pensar em providências para evitar novos focos de incêndios, limpar locais já atingidos e proteger populações diretamente atingidas, entre outros pontos.

Além de aprovar o pedido e de audiência para debater os incêndios no Pantanal, a comissão hoje também promoveu uma homenagem ao agente da Polícia Civil do Distrito Federal Renato de Oliveira Souza. Ele morreu na terça-feira (27) após o helicóptero da Força Nacional que pilotava cair durante operação de combate ao fogo em Poconé no dia 8.

Meio Ambiente