Petistas ironizam "deputado da tatuagem" com adesivo de "Fora, Temer" no ombro

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução/Twitter/chico_dangelo

O líder do PT na Câmara, deputado Carlos Zarattini (SP), a deputada Maria do Rosário (RS), o deputado Paulo Pimenta (RS), a senadora Gleisi Hoffmann (PR) e outros parlamentares petistas apareceram no plenário com adesivos de "tatuagem" com a frase "Fora Temer" colados nos ombros. 

O desenho é uma alusão à tatuagem feita nesta semana pelo deputado Wladimir Costa (SD-PA), na mesma parte do corpo, em homenagem ao presidente Michel Temer (PMDB).

Costa apareceu com a tatuagem –uma bandeira do Brasil e o nome de Temer—desenhada no ombro direito no último sábado (29), em Salinópolis (PA), durante a entrega de caminhões de coleta de lixo. Segundo ele, a tatuagem é permanente e custou R$ 1.200 parcelados em seis vezes no cartão.

Para tatuadores ouvidos pelo UOL, o desenho foi feito com hena, uma substância extraída de uma planta e usada normalmente por mulheres do Ocidente para tingir os cabelos e as sobrancelhas. Ela também é utilizada para fazer desenhos temporários na pele, que podem durar até sete dias.

"Ele fez hena, nós fizemos adesivo", ironizou Zarattini. Costa retrucou dizendo que sua tatuagem é "originalíssima" e que os oposicionistas estão querendo forçá-lo a "fazer nudes" no plenário.

Divulgação
Costa exibe tatuagem em homenagem a Temer: "a dor valeu a pena"

Dida Sampaio/Estadão Conteúdo
Jean Wyllys e Chico Alencar, deputados do PSOL

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos