Topo

Encontro com Trump e empresários: como será a viagem de Bolsonaro aos EUA

Luciana Amaral

Do UOL, em Brasília

13/03/2019 20h03

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) se encontrará com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, na próxima terça-feira (19) na Casa Branca, em Washington, capital dos Estados Unidos.

Além do mandatário, Bolsonaro falará e jantará junto a empresários, investidores e personalidades que o Palácio do Planalto classifica como "formadores de opinião" -- por exemplo, o escritor Olavo de Carvalho.

A ida da comitiva brasileira está prevista para a manhã de domingo (17) a partir da Base Aérea de Brasília, com chegada na Base Aérea de Andrews às 16h do mesmo dia. Bolsonaro irá acompanhado de assessores e ministros, como Sergio Moro (Justiça), Paulo Guedes (Economia) e Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional). O começo da volta a Brasília está previsto para o final de terça (19).

Esta será a primeira viagem com caráter bilateral por parte de Bolsonaro como presidente da República. No final de janeiro, o presidente viajou a Davos, na Suíça, por ocasião do Fórum Econômico Mundial.

Segundo o porta-voz da Presidência da República, general Otávio do Rêgo Barros, a intenção de estrear com a ida aos Estados Unidos advém da vontade de demonstrar a prioridade que o novo governo federal atribui à construção de solida parceria com os EUA.

"A ênfase da agenda externa brasileira é reforçar a relação com os países que podem contribuir para o desenvolvimento, a prosperidade, o bem-estar e a segurança dos brasileiros. A visita aos Estados Unidos tem por objetivo promover uma agenda de resultados positivos em diversas áreas destravando temas que já estavam na pauta e abrindo novas frentes, novas oportunidades. Estão sendo tomadas medidas que ajudarão a criar o ambiente propício para uma nova etapa nessa relação", declarou.

Veja quem vai e os compromissos do presidente dia a dia nos Estados Unidos:

Comitiva:

Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), deputado federal

Rêgo Barros, porta-voz

Ernesto Araújo, MRE

Augusto Heleno, GSI

Paulo Guedes, Economia

Sergio Moro, Justiça

Tereza Cristina, Agricultura

Ricardo Salles, Meio Ambiente

Domingo (17/3)

- 8h: Partida da Base Aérea de Brasília.
- 16h: Chegada a Washington e ida à Blair House, onde se hospedará.
- Jantar com formadores de opinião e acadêmicos na residência do embaixador do Brasil.

Segunda (18/3)

- Bolsonaro fala no encerramento do "Dia do Brasil em Washington", promovido pelo Conselho Empresarial Brasil-Estados Unidos com foco em oportunidade de investimentos. Parte dos ministros participará do painel "Relações Econômicas Crescentes"
- Encontro de Bolsonaro com o ex-secretário do Tesouro dos EUA, Henry Hank Paulson
- Assinatura de acordos
- Ministros participam dos painéis "Bolsonaro e Trump: novo começo das relações Brasil e Estados Unidos" e "Futuro da economia brasileira"
- Jantar oferecido pelo Conselho Empresarial Brasil-Estados Unidos. Participarão os ministros de Estado que integrarão a comitiva e até 40 empresários de grandes empresas

Terça (19/3)

- Bolsonaro se encontra com o secretário-geral da Organização dos Estados Americanos, Luis Almagro
- Visita oficial a Donald Trump na Casa Branca. Primeiro, assina livro de visitas no Salão Roosevelt. Depois, terá encontro privado com Trump no Salão Oval seguido de almoço de trabalho e reunião ampliada no Cabinet Room
- Declaração à imprensa no Rose Garden, na Casa Branca
- Ida ao Cemitério Nacional de Arlington, onde visitará o "túmulo do soldado desconhecido"
- Reunião com lideranças evangélicas
- Jantar de trabalho com a comitiva brasileira
- Partida de Washington.

Quarta (20/3)

- Chegada à Base Aérea de Brasília por volta das 7h

Política