Topo

Tentar cassar mandato "por falar" é o próprio AI-6, diz Flavio Bolsonaro

O senador Flávio Bolsonaro no plenário do Senado, em Brasília - 01.out.2019 - Mateus Bonomi/Agif/Estadão Conteúdo
O senador Flávio Bolsonaro no plenário do Senado, em Brasília Imagem: 01.out.2019 - Mateus Bonomi/Agif/Estadão Conteúdo

Do UOL, em São Paulo

01/11/2019 07h38Atualizada em 01/11/2019 08h48

O senador Flavio Bolsonaro (PSL-RJ) saiu em defesa do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), seu irmão, e criticou a intenção de os partidos de oposição instaurarem um processo de cassação do mandato por uma declaração sobre o AI-5 (Ato Institucional). Para o filho do presidente, a medida seria como um AI-6, que também foi criado durante a ditadura militar.

"A simples tentativa de cassar o mandato de um deputado POR FALAR já é o próprio AI-6", escreveu Flavio no Twitter.

O AI-6 modificou a estrutura do STF (Supremo Tribunal Federal), reduzindo de 16 para 11 o número de ministros da Corte, e transferiu para a Justiça Militar os crimes contra a segurança nacional. Como consequência, o Conselho de Segurança Nacional cassou os mandatos de três senadores e 18 deputados.

Ontem, Eduardo Bolsonaro falou sobre reeditar "um novo AI-5" caso a esquerda brasileira se "radicalize" "Alguma resposta tem que ser dada", disse o parlamentar em entrevista à jornalista Leda Nagle.

A declaração causou indignação em diversos setores da sociedade e em partidos políticos da esquerda e da direita. Deputados de oposição pediram a cassação de seu mandato.

Decretado em 1968, durante a ditadura militar, o AI-5 fechou o Congresso Nacional, cassou mandatos, suspendeu o direito a habeas corpus para crimes políticos, entre outras medidas. O ato é considerado o início do período mais duro da ditadura, que posteriormente ganhou a alcunha de "anos de chumbo."

Ouça o podcast Baixo Clero, com análises políticas de blogueiros do UOL. Os podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts e outras plataformas de áudio.

Política