PUBLICIDADE
Topo

O comando nacional petista se corrompeu, afirma Cid Gomes

Do UOL, em São Paulo

15/06/2020 13h53

O senador Cid Gomes (PDT) criticou hoje os líderes do PT, dizendo que o comando nacional petista se corrompeu. Durante conversa com os colunistas Tales Faria e Carla Araújo no UOL Entrevista, ele acusou o partido de aparelhar a Petrobras para conseguir vantagens financeiras e propina.

"Você vai querer negar o que aconteceu? Essa coisa de loteamento de cargos de lugares que estrategicamente tratam de muito dinheiro, quem começou foi o PT. O PT foi quem quis aparelhar a Petrobras e disso tirar vantagem", afirmou Cid Gomes, que foi ministro da Educação do governo Dilma Rousseff (PT).

Quando questionado contra quem ele direcionava essas denúncias, ele disse que a "quem dirige hoje o PT, quem comanda hoje o PT".

O político cearense lembrou que, apesar disso, possui alianças com o partido. "Temos alianças em Sobral, já apoiamos candidatos deles. Temos no Estado", garantiu.

Cid é irmão de Ciro Gomes, um dos maiores desafetos petistas. Recentemente, Ciro foi criticado pela presidente do PT, Gleisi Hoffman, no UOL Entrevista.

Para o senador, o conjunto de fatores que ajudou a eleger Bolsonaro foi a decepção com o que o PT representou durante os 13 anos em que esteve à frente da presidência.

"A gestão do Lula tem muito mérito, mas a prática de conivência ou fazer centralmente o financiamento deste modelo de corrupção é algo que deixará os brasileiros por muito tempo indignados".

*Texto de Alex Tajra, Beatriz Sanz, Marina Marini e Marinho Saldanha. Produção de Diego Henrique Carvalho

Política