PUBLICIDADE
Topo

Política

Esse conteúdo é antigo

Homem é preso após atear fogo a ônibus em frente ao Palácio do Planalto

Corpo de Bombeiros é chamado para apagar incêndio em ônibus em frente ao Palácio do Planalto - Hanrrikson de Andrade/UOL
Corpo de Bombeiros é chamado para apagar incêndio em ônibus em frente ao Palácio do Planalto Imagem: Hanrrikson de Andrade/UOL

Hanrrikson de Andrade

Do UOL, em Brasília

25/06/2020 17h53

Um homem foi preso na tarde de hoje após atear fogo a um ônibus em frente ao Palácio do Planalto, em Brasília. Segundo nota da PM ao UOL, o indivíduo teria espalhado gasolina dentro do veículo e depois ateado fogo. Em seguida, ele desceu do ônibus e gritou "Fora Bolsonaro!".

Bombeiros foram acionados para apagar o incêndio no veículo. Cerca de 10 pessoas ocupavam o veículo, mas não houve feridos, informaram as autoridades.

O homem, cuja identidade não foi divulgada pelos policiais militares mobilizados no local, está sendo levado para a 5ª DP.

Bombeiros relataram que não houve dificuldade para conter as chamas. Apenas uma viatura de combate foi acionada e uma ambulância também se dirigiu ao local por precaução.

O eixo do Planalto, via de intensa circulação de veículos, não precisou ser totalmente interditado.

No momento do fato, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) já havia saído do Palácio do Planalto e estava falando em segurança na residência oficial, o Palácio da Alvorada.

O detido deve ser autuado por incêndio criminoso e dano a patrimônio privado. O caso será investigado, disse a PM.

Política