PUBLICIDADE
Topo

Política

Governo indica Abraham Weintraub para mais dois anos no Banco Mundial

Abraham Weintraub assumiu cargo após saída do governo federal - Dida Sampaio/Estadão Conteúdo
Abraham Weintraub assumiu cargo após saída do governo federal Imagem: Dida Sampaio/Estadão Conteúdo

Emanuel Colombari e Heloísa Barrense

do UOL, em São Paulo

17/09/2020 20h20

O ex-Ministro da Educação, Abraham Weintraub foi indicado pelo governo brasileiro para o cargo de diretor-executivo do Banco Mundial por mais dois anos. A informação foi confirmada pelo Ministério da Economia ao UOL.

Weintraub já ocupa a posição desde julho, entretanto em um mandato que se encerra 31 de outubro. O ex-ministro foi indicado pelo governo após deixar o Ministério da Educação em junho.

No Banco Mundial, o Brasil coordena grupo formado por Colômbia, República Dominicana, Equador, Haiti, Filipinas, Suriname e Trinidad e Tobago.

Ainda nesta semana, o irmão do ex-ministro, Arthur Weintraub, anunciou que deixaria o seu cargo no governo como assessor especial da Presidência da República para integrar uma posição na OEA (Organização dos Estados Americanos).

Política