PUBLICIDADE
Topo

Política

'Hoje, infelizmente, meu melhor amigo partiu', diz filho de Maguito Vilela

Filho de Maguito Vilela (MDB) prestou homenagem ao pai nas redes sociais: "O maior exemplo e minha maior referência" - Reprodução/Twitter/DanielVilela15
Filho de Maguito Vilela (MDB) prestou homenagem ao pai nas redes sociais: 'O maior exemplo e minha maior referência' Imagem: Reprodução/Twitter/DanielVilela15

Do UOL, em São Paulo

13/01/2021 10h42

O ex-deputado Daniel Vilela (MDB) fez uma homenagem para o pai, o prefeito eleito de Goiânia Maguito Vilela (MDB), que morreu nesta madrugada após um longo período de internação por causa de complicações da covid-19.

Nas redes sociais, Daniel descreveu o pai como seu "maior exemplo e minha maior referência". A homenagem é acompanhada de uma foto em que Maguito aparece de costas em uma fazenda em Jataí (GO), sua cidade natal.

"E hoje, infelizmente, o meu melhor amigo partiu", escreveu ele num trecho da postagem.

"O meu impecável pai, Maguito, o maior exemplo e minha maior referência. Não consigo não ser egoísta nesse momento. Queria ele ainda por muitos anos com a gente. Nessas horas ficamos pensando se poderia ter sido diferente...Mas o que dizem - e eu concordo - é que para Deus tudo tem a sua hora, e a dele foi agora e da forma que precisava ser, ao lado dos seus filhos, e dizendo até breve. Descanse em paz! Obrigado, Deus, por me permitir amar e ser amado tanto pelo meu Pai!!", escreveu Daniel, que é presidente do MDB em Goiás.

Maguito estava internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, desde o dia 27 de outubro para tratamento do novo coronavírus. Segundo sua assessoria, ele lutava contra uma infecção pulmonar diagnosticada na semana passada. De acordo com o hospital, o emedebista morreu às 4h10.

Ele estava licenciado desde a posse, no dia 1º de janeiro, e quem está no comando da capital goiana é o vice-prefeito eleito, Rogério Cruz (Republicanos). Cruz disse que a trajetória e qualidades do aliado fazem com que ele encare o desafio como uma grande responsabilidade.

Outras autoridades também lamentaram a morte do político. O governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), afirmou que recebeu a notícia "com grande consternação e imenso pesar".

Já o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), descreveu Maguito como "um dos líderes mais experientes que já tive a chance de conhecer" e determinou três dias de luto oficial na Casa.

Política