PUBLICIDADE
Topo

Política

Conteúdo publicado há
7 meses

PoderData: Lula tem 40%, e Bolsonaro 30%; Moro tem 7%, e Ciro e Doria, 4%

Do UOL, em São Paulo

23/12/2021 12h28Atualizada em 23/12/2021 19h17

Pesquisa divulgada pelo site "Poder360" na noite de ontem mostra que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) segue na liderança da corrida eleitoral para a Presidência no ano que vem. O petista aparece com 40% das intenções de voto, seguido pelo presidente Jair Bolsonaro (PL), com 30%.

O ex-juiz Sergio Moro (Podemos) aparece na sequência, com 7%. Como a margem de erro da pesquisa é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos, Moro está tecnicamente empatado com o ex-ministro Ciro Gomes (PDT) e o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), com 4% cada.

A pesquisa foi realizada pelo PoderData, divisão de estudos do site de notícias, entre os dias 19 e 21 de dezembro, por meio de ligações para telefones celular e fixos. Foram 3.000 entrevistas em 494 municípios nas 27 unidades da Federação.

Veja abaixo o cenário de 1º turno testado pelo PoderData:

  • Lula (PT): 40%
  • Bolsonaro (PL): 30%
  • Moro (Podemos): 7%
  • Ciro Gomes (PDT): 4%
  • João Doria (PSDB): 4%
  • André Janones (Avante): 2%
  • Alessandro Vieira (Cidadania): 1%
  • Simone Tebet (MDB): 1%
  • Luiz Felipe d'Avila (Novo): 0%
  • Rodrigo Pacheco (PSD): 0%
  • Branco/nulo: 5%
  • Não sabem: 6%

Segundo turno

Conforme o levantamento, Lula também vence todos os candidatos em um eventual segundo turno. Em todos os cenários testados, o petista tem vantagem de pelo menos 20 pontos percentuais.

  • Lula x Bolsonaro: 54% a 34%
  • Lula x Moro: 50% a 30%
  • Lula x Ciro: 50% a 19%
  • Lula x Doria: 51% a 19%

Diferenças na pesquisa anterior

Na pesquisa anterior, divulgada em 24 de novembro, foram testados dois cenários de primeiro turno — um com Doria e outro com o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, que disputavam as prévias do PSDB. O resultado só saiu dias depois, com o paulista sendo declarado o vencedor.

No cenário com Doria, Lula aparecia com 34% das intenções de voto, seguido por Bolsonaro (29%), Moro (8%), Ciro (7%) e Doria (5%).

Além das prévias tucanas, o cenário naquela ocasião também era diferente porque foram testados os nomes do ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta (DEM), que não deve disputar, e Cabo Daciolo (PMN/Brasil 35), que desistiu da pré-candidatura. Naquela ocasião, eles apareceram com 3% e 2%, respectivamente.

Alessandro Vieira também aparecia com 2%, e Pacheco e D'Ávila com 0%. Brancos e nulos eram 6% e não sabiam eram 3%.

Simone Tebet, que lançou sua pré-candidatura no início de dezembro, e o deputado federal André Janones também não apareciam no levantamento anterior.

Já no cenário com Leite, Lula aparecia com 36% das intenções de voto.

Metodologia

O PoderData é um instituto de pesquisa ligado ao site de jornalismo político Poder360. Foi fundado em 2017 e destaca-se principalmente pela forma como faz seus levantamentos sobre intenções de voto em eleições.

O instituto faz pesquisas por telefone de forma automatizada, usando o método IVR (Interactive Voice Response). Um robô liga para o telefone do eleitor, que escuta perguntas gravadas e as responde discando em seu telefone a opção desejada.

Esse método é popular nos EUA, mas ainda é pouco usado no Brasil. Em 2018, o PoderData foi o primeiro instituto de pesquisas a registrar um levantamento eleitoral realizado por telefone no TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Política