PUBLICIDADE
Topo

Política

Conteúdo publicado há
6 meses

Eduardo Paes: 'Lula não é o fator relevante para mim nesta eleição'

O prefeito do Rio apoia o ex-presidente da OAB Felipe Santa Cruz na disputa pelo governo - André Melo Andrade/Immagini/Estadão Conteúdo
O prefeito do Rio apoia o ex-presidente da OAB Felipe Santa Cruz na disputa pelo governo Imagem: André Melo Andrade/Immagini/Estadão Conteúdo

Colaboração para o UOL

05/02/2022 14h48Atualizada em 05/02/2022 14h54

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PSD), disse, em entrevista ao jornal Valor Econômico publicada hoje, que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) não tem relevância na eleição para o governo do Estado. Os petistas devem apoiar o deputado Marcelo Freixo (PSB) na disputa.

"O Lula não é o fator relevante para mim nesta eleição local aqui. A posição tem sido: 'Quero governo do Estado, Senado e Presidência da República, e quem quiser vir que bata palma pra mim'. A postura do Lula, eu diria com certo salto alto no Rio de Janeiro, não é a de alguém que está buscando somar."

O prefeito do Rio, que apoia o ex-presidente da OAB Felipe Santa Cruz na disputa pelo governo, questionou a qualificação de Freixo para o cargo.

"Freixo não tem qualquer experiência no Executivo. Como vai ajeitar a situação fiscal (do Estado) alguém que a vida inteira defendeu todo tipo de irresponsabilidade? Como vai atrair empresa alguém que a vida inteira disse que concessão e PPP é uma desgraça do capitalismo mundial? Como vai enfrentar o problema da violência alguém que defendeu a extinção da Polícia Militar?"

Paes ainda ironizou o deputado federal, dizendo que "a vida inteira quis essa imagem de rebelde". "Aquela coisa Belchior, apenas um rapaz romântico latino-americano sem dinheiro no bolso, sem parentes importantes e vindo lá de Niterói, ou São Gonçalo, sei lá de onde ele vem."

Política