Conteúdo publicado há 8 meses
OpiniãoPolítica

Reinaldo: Direita é tola em imaginar que questão do Enem doutrinará alguém

O colunista do UOL Reinaldo Azevedo afirmou, durante a estreia do programa Olha Aqui!, que é tolice da direita e da extrema direita brasileira imaginar que uma questão do Enem será capaz de doutrinar algum jovem.

É tolice nessa reação da extrema direita alguém imaginar que essa questão vá doutrinar alguém. (...) isso é uma tolice sem limites, completamente sem limites. Reinaldo Azevedo

Reinado se referia à questão 89 da prova do Enem, que foi realizada ontem (5). A questão falava sobre o Cerrado brasileiro e as consequências da expansão do agronegócio no bioma. Além disso, também citava uma exploração do trabalho na região, criticava o capitalismo e o uso indiscriminado de agrotóxicos. O deputado federal Sergio Moro (União Brasil), inclusive usou sua conta no X para acusar o governo federal de usar o Enem para doutrinação ideológica.

Sobre a questão em si, o colunista do UOL fez críticas dizendo que ela traz proselitismo e, sim, traz também um viés ideológico. Apesar disso, Reinaldo destacou a autonomia na elaboração das questões da prova, destacando não haver interferências do governo.

A questão traz proselitismos e é inegável, então quem faz a questão resolve marcar uma posição em uma prova. (...) é um tipo de sujeito que marca uma posição e não foi o governo do PT, porque existe uma autonomia para fazer essa prova e é outra coisa que as pessoas ignoram. É um texto ruim para fazer críticas a um setor da economia que não deve estar imune a críticas. Que a questão seja ruim eu não tenho dúvidas, é ruim mesmo. Reinaldo Azevedo

Ainda durante o programa, ele destacou que esse tipo de questão pode ser um tiro no próprio pé da esquerda.

[Essa questão] marca uma posição, atira no próprio pé e fortalece a extrema-direita. A esquerda começa essa onda se esquecendo, inclusive, que essa extrema-direita é muito mais organizada nas redes sociais do que a esquerda. Nos embates nas redes sociais a esquerda perde todas porque é muito menos organizada, então compra uma briga que depois não tem como sustentar. Quem fez essa questão não convenceu um jovem sequer de absolutamente nada e ainda mobilizou a extrema-direita. Isso não quer dizer que eu não tenha críticas a fazer ao modelo do agronegócio que está aí, mas também tenho elogios. Reinaldo Azevedo

***

O Olha Aqui! vai ao ar às segundas, quartas e quintas, às 13h.

Continua após a publicidade

Opinião

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Deixe seu comentário

Só para assinantes