OpiniãoPolítica

Reinaldo: Já há elementos para prisão de Bolsonaro; demora é por prudência

O colunista do UOL Reinaldo Azevedo afirmou durante o programa Olha Aqui! que já há elementos suficientes para a prisão preventiva do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL).

Quando falo que Bolsonaro está dando elementos para a prisão preventiva, me refiro à entrevista que ele deu com os portugueses e ao fato de ele estar falando de novo sobre a ilegitimidade do resultado eleitoral. Sem o histórico anterior do Bolsonaro isso até poderia ser liberdade de expressão, mas com o histórico anterior me parece que ele está procurando. Acho que é uma medida prudencial deixar que o processo se desenvolva e, uma vez condenado, a prisão. Não tenho dúvidas de que ele será preso e será condenado. O encontro do Bolsonaro com a Papuda é fatal. (...) em uma coisa absolutamente rigorosa até já haveria elementos [para a prisão preventiva], mas acho uma atitude prudencial esperar que a investigação avance mais um pouco até que ele seja denunciado, transformado em réu e vá para a cadeia depois do trânsito em julgado. Reinaldo Azevedo

A PF (Polícia Federal) deflagrou na manhã de hoje a Operação Tempus Veritatis, que mira suposta organização criminosa que tentou dar um golpe de Estado para manter Bolsonaro na Presidência. O ex-presidente foi um dos alvos da operação e os agentes foram à casa de Bolsonaro em Angra dos Reis (RJ) para recolher o passaporte. Como o documento não estava no local, foi dado o prazo de 24 horas para a entrega.

Para Reinaldo, Bolsonaro está fazendo um grande esforço para ser preso e a apreensão do passaporte mostra que há elementos que justifiquem sua prisão.

A hora que você apreende o passaporte do ex-presidente você fala que ele está comprometido com a ação golpista que está sendo investigada e, portanto, para a segurança da operação e da investigação é preciso que se apreenda o passaporte. (...) a apreensão do passaporte significa que por enquanto não há elementos fortes o bastante que justifiquem a prisão preventiva, mas Bolsonaro está sob investigação. Bolsonaro está fazendo um esforço enorme, consciente ou inconsciente, para ir para a cadeia preventivamente. Reinaldo Azevedo

O colunista do UOL também destacou que as investigações da PF estão avançando, com a punição a golpistas dos ataques de 8 de janeiro, e voltou a afirmar que as atitudes recentes do ex-presidente mostram "um esforço para ser preso".

Bolsonaro está fazendo esforço para ser preso pelas declarações que tem dado. Ele fez uma live com um militante da extrema direita portuguesa e mais uma vez afirmou que o TSE e o STF agiram de maneira fraudulenta para devolver a elegibilidade ao Lula e eleger o Lula. Obviamente ele não tem provas disso e isso não aconteceu, mas ele continua a difamar os dois tribunais. Bolsonaro continua na militância para tentar incendiar uma parte da opinião pública acusando os dois tribunais e agora vem a público mensagens que estavam com Mauro Cid e a gravação de uma reunião ocorrida no dia 5 de julho de 2022 com a alta cúpula do entorno do Bolsonaro em que claramente se planejam ações para deslegitimar o processo eleitoral. Reinaldo Azevedo

***

O Olha Aqui! vai ao ar às segundas, quartas e quintas, às 13h.

Continua após a publicidade

Opinião

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes

As mais lidas agora