Conteúdo publicado há 1 mês
OpiniãoPolítica

Tales: Não basta polícia de SP ocultar interação contra Lula; tem que punir

A Polícia Civil de São Paulo precisa identificar e punir quem usou o perfil oficial da corporação no Instagram para curtir comentários contrários a Lula, afirmou Tales Faria no UOL News desta quarta (28).

Após a repercussão, a corporação ocultou a visualização dos comentários. Para o colunista, no entanto, a medida não é suficiente.

Não basta apagar comentários, likes e curtidas; tem que punir. Já deveria punir se algum policial da ativa fizesse um comentário 'Fora, Lula'. Se o site oficial dá like e bate palma para esse tipo de comentário, é um absurdo.

Tem como saber quem estava mexendo com o site oficial e administrando em tal hora. Essas pessoas têm que ser punidas. Tales Faria, colunista do UOL

Tales questionou se as autoridades já não teriam se manifestado e tomado providências mais contundentes se os comentários feitos nas redes sociais fossem críticos a Jair Bolsonaro, aliado político do governador Tarcísio de Freitas (Republicanos).

Queria saber se o governador Tarcísio ou o secretário [Guilherme] Derrite não mandariam punir caso o administrador escrevesse 'Fora, Bolsonaro'. Puniriam, até com razão. No entanto, falar 'Fora, Lula' não pune ninguém.

Não adianta só apagar como apagaram. Tem que punir e explicar para a opinião pública. Tales Faria, colunista do UOL

O UOL News vai ao ar de segunda a sexta-feira em duas edições: às 10h com apresentação de Fabíola Cidral e às 17h com Diego Sarza. O programa é sempre ao vivo.

Quando: De segunda a sexta, às 10h e 17h.

Continua após a publicidade

Opinião

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Deixe seu comentário

Só para assinantes