Conteúdo publicado há 1 mês
OpiniãoPolítica

Maierovitch: Moraes se precipita, faz estardalhaço com Musk e prejudica STF

Alexandre de Moraes se precipita e compromete a imagem do STF (Supremo Tribunal Federal) ao rebater os ataques promovidos pelo dono do X (antigo Twitter) Elon Musk, disse o jurista e colunista Wálter Maierovitch no UOL News desta segunda (8).

Moraes se precipita, toma o lugar do Ministério Público e repete o episódio do aeroporto de Roma. Faz esse estardalhaço, que não é função dele. Se ele é atacado, há no Estado Democrático de Direito quem vai cuidar disso e promover medidas.

Ele é um juiz, uma figura inerte. O que Moraes faz? Arruma uma briga e monta um ringue que prejudica a imagem do Supremo. O estamento do Musk é embaixo; Moraes o chama para cima, no nível do Supremo. Ele se antecipa, invade atribuições do Ministério Público e quebra a postura de um magistrado.

Moraes tem que pôr na cabeça que isso tudo favorece o golpismo bolsonarista, que está querendo fazer um novo encontro nacional. Será que estamos no campo da burrice aguda? Wálter Maierovitch, colunista do UOL

Maierovitch criticou Musk por sugerir o impeachment de Moraes e considera que está se dando uma um destaque maior ao empresário do que ele realmente deveria ter.

Musk é um boquirroto, um falastrão conhecido, endinheirado, e maneja redes sociais. Ele agitou delirantes golpistas bolsonaristas. Ele finge não saber que as decisões do Supremo decorrem da soberania nacional para defender a Constituição, o Estado Democrático de Direito e a liberdade de expressão.

Não cabe impeachment [de Moraes]. As decisões do Supremo podem ser atacadas por recurso. Que importância tem a sugestão de um sujeito que vive e fatura com a mentira, não tem compromisso com a verdade e nem com a democracia? Estamos enchendo a bola desse sujeitinho. Wálter Maierovitch, colunista do UOL

Elon Musk atacou soberania nacional, diz relator do PL das Fake News

Continua após a publicidade

Ao acusar Alexandre de Moraes de praticar censura por suspender determinadas contas do X (antigo Twitter), Elon Musk atacou a soberania nacional, afirmou o deputado federal Orlando Silva (PCdoB-SP), relator do PL das Fake News.

Trataria o ataque de Musk no plano institucional. A crítica que ele fez foi, sobretudo, ao STF e suas posições, que têm sustentado todas as decisões do inquérito. É, no limite, um ataque à soberania do Brasil. O que não é respeitável é um bilionário estrangeiro querer ditar regras e o funcionamento de instituições no Brasil. Atacar abertamente um ministro ou a Corte é igualmente grave. Orlando Silva, deputado federal (PCdoB-SP)

Tales: Bolsonaristas se dizem patriotas, mas apoiam estrangeiro golpista

Tales Faria chamou a atenção para o comportamento dos bolsonaristas, que exaltam o patriotismo como uma de suas virtudes, mas abraçam um empresário estrangeiro como Musk, que apoia o golpismo e ataca Alexandre de Moraes.

O mais curioso nessa história toda é que os bolsonaristas se dizem patriotas, mas apoiam um estrangeiro golpista em atos contra a Justiça brasileira. Nas passeatas, eles colocam bandeiras de Israel, da Argentina, dos Estados Unidos... É um patriotismo muito estranho dos bolsonaristas. São patriotas que fazem quebra-quebra no Congresso, no STF, no Palácio do Planalto. Tales Faria, colunista do UOL

Continua após a publicidade

O UOL News vai ao ar de segunda a sexta-feira em duas edições: às 10h com apresentação de Fabíola Cidral e às 17h com Diego Sarza. O programa é sempre ao vivo.

Quando: De segunda a sexta, às 10h e 17h.

Onde assistir: Ao vivo na home UOL, UOL no YouTube e Facebook do UOL.

Opinião

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Deixe seu comentário

Só para assinantes