PUBLICIDADE
Topo

RS: Suspeita de coronavírus é descartada; paciente tem diagnóstico de H1N1

22.jan.2020 - Médicos transferem paciente com suspeita de estar com o coronavírus no hospital Rainha Elizabeth, em Hong Kong, na China - Reuters
22.jan.2020 - Médicos transferem paciente com suspeita de estar com o coronavírus no hospital Rainha Elizabeth, em Hong Kong, na China Imagem: Reuters

Do UOL, em São Paulo

29/01/2020 15h10

A Secretaria de Saúde do Rio Grande do Sul descartou, na manhã de hoje, a suspeita de coronavírus em um paciente de São Leopoldo. Em nota, o órgão afirma que os exames realizados apontaram a presença do vírus influenza A-H1N1.

É o segundo caso de suspeita de coronavírus no Brasil descartado pelas autoridades nesta manhã. A Secretaria de Saúde do Paraná também afastou a possibilidade de que um dos pacientes tivesse sido infectado.

O paciente de São Leopoldo, um homem de 40 anos, procurou atendimento na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade, na região metropolitana de Porto Alegre, após ter retornado da China com quadro de febre. Ele permaneceu em isolamento e realizou exames para obter um diagnóstico.

Segundo a Prefeitura de São Leopoldo, um segundo caso de suspeita na cidade, de um homem que teve contato com o paciente, também segue em avaliação. Em nota, a Administração afirma que ele apresentou melhora e também receberá tratamento para H1N1.

Outro caso que continua sob suspeita é em Minas Gerais. Trata-se de uma mulher que visitou a China e também segue em tratamento isolado.

Confira a nota enviada pela Secretaria de Saúde do RS

"Exame realizado pelo Laboratório Central do Estado (Lacen) diagnosticou a presença do vírus influenza A- H1N1 (gripe) no paciente que procurou o atendimento médico na rede de saúde de São Leopoldo por suspeita de coronavírus, descartando assim a presença do novo vírus."

Confira a nota enviada pela Prefeitura de São Leopoldo

"A Prefeitura de São Leopoldo informa que com relação ao paciente internado na UPA Scharlau, com suspeita de coronavírus, o diagnóstico é de Gripe H1N1. A partir das amostras de material coletado na terça-feira, 28 de janeiro, enviado ao Laboratório Central do Estado (Lacen), os resultados informados, na quarta-feira, 29, diagnosticaram o quadro como Gripe H1N1. A partir do resultado, o paciente será medicado para o devido tratamento, que é realizado com Tamiflu.

O segundo caso suspeito, de um amigo que teve contato com o primeiro, e apresentou quadro febril na noite de terça, também apresentou melhora, e não apresentou nenhuma alteração nos exames laboratoriais. Haja visto que a suspeita se devia pelo contato com o primeiro paciente oriundo da China, também receberá medicamento para Gripe H1N1.

A Prefeitura de São Leopoldo, através da Secretaria Municipal de Saúde mantem-se alerta, com todo cuidado à saúde da população, e aguarda a manifestação do Governo do Estado, haja visto que outras cidades da região também apresentam casos suspeitos."

Coronavírus liga alerta pelo mundo

Saúde