PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Esse conteúdo é antigo

Filho 04 de Bolsonaro ironiza covid-19: 'Só uma gripezinha. Peguei, passou'

Do UOL, em São Paulo

30/04/2020 09h05

Jair Renan Bolsonaro, o "filho 04" de Jair Bolsonaro (sem partido), ironiza o coronavírus em um vídeo que vem circulando no Twitter. Ele diz - como o presidente já o fez - que a covid-19 é uma "gripezinha" e defende que a pandemia é uma "história da mídia". A doença já matou mais de 5 mil pessoas no Brasil e 200 mil em todo o mundo.

Jair Renan afirma ainda que a covid-19 é algo passageiro: "Peguei, passou", diz ele no vídeo. Não fica claro se a fala é genérica ou se ele poderia ter contraído o coronavírus. A declaração aconteceu durante uma transmissão de um game, o PlayerUnknown's Battlegrounds, no Twitch, em 20 de abril.

"Vamos pra rua na pandemia, tá ok? Pô, que pandemia, malandro? Isso é história aí da mídia, pra trancar você em casa, achar que o mundo tá acabando. Pô, é só uma gripezinha, irmão, vai tomar no c.... Peguei, passou. Prefiro morrer tossindo que morrer transando", ele fala no vídeo publicado pelo perfil Tesoureiros do Jair, contrário a Bolsonaro, no Twitter.

Mais tarde, no Twitter, Jair Renan postou uma outra versão do vídeo, mais longa. Nela, ele mostra que se confundiu na última parte da fala: "Opa, prefiro morrer transando do que tossindo, foi mal, foi mal...".

Questionado por um seguidor se tomou cloroquina, Renan diz: "Pô, tive que tomar, né? Mas nióbio e grafeno ficaram com ciúme já", ri ele. Em seguida, perguntam se ele está "coronado". "Não, essa gripe aí não chega até mim não. O meu histórico de atleta... Não é nada". Os comentários trazem piadas homofóbicas. "Já aplicou travequina?", pergunta um usuário do Twitch.

O PlayerUnknown's Battlegrounds (ou PUBG) é um jogo multiplayer de tiro que junta até cem jogadores. Eles caem de paraquedas em uma ilha em busca de armas e equipamento, com objetivo de matar outros jogadores enquanto lidam com o tempo e a diminuição progressiva da área do jogo. Vence quem sobrar ao fim.

Jair citou 04 em pronunciamento sobre Moro

Na semana passada, no pronunciamento em que abordou a demissão do ex-juiz Sergio Moro do Ministério da Justiça e da Segurança Pública, Bolsonaro citou Jair Renan para falar das acusações de que o filho namorou a filha do policial militar aposentado Ronnie Lessa, acusado de assassinar a vereadora Marielle Franco.

"É desmoralizante para o presidente ouvir isso. Mais ainda externar. Ou não trocar, porque não foi trocado, sugerir a troca de dois superintendentes entre 27. O do Rio, (pela) questão do porteiro, a questão do meu filho 04, Renan, que agora tem 20, 21 anos de idade. Quando, no clamor da questão do porteiro, do caso Adélio, que os dois ex-policiais teriam ido falar comigo, também apareceu que o meu filho 04 teria namorado a filha desse ex-sargento", disse Bolsonaro.

"Eu comecei a correr atrás. Primeiro chamei meu filho (e falei): 'abre o jogo'. 'Pai, eu saí com metade do condomínio, nem lembro quem é essa menina, se é que eu estive com ela'. Hoje a vida é assim. A intenção de dizer que meu filho namorava a filha do ex-sargento era que nós tínhamos relacionamento familiar. Eu não me lembro dele", disse o presidente.

Último balanço

Os diagnósticos de pessoas com o novo coronavírus no Brasil subiram para 78.162 e o total de mortes chegou a 5.466, segundo anunciou o Ministério da Saúde ontem, um aumento de 9% ou 449 óbitos nas últimas 24 horas.

Coronavírus