PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Senai entrega mais de 2 mil respiradores consertados a hospitais

No estado de São Paulo, já foram devolvidos 683 aparelhos - Stephane Mahe/ Reuters
No estado de São Paulo, já foram devolvidos 683 aparelhos Imagem: Stephane Mahe/ Reuters

Do UOL, em São Paulo

11/08/2020 14h48

Mais de 700 voluntários de uma rede coordenada pelo Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial) consertaram gratuitamente 2.007 respiradores desde o início da pandemia do novo coronavírus.

Chamado "Iniciativa + Manutenção de Respiradores", o projeto é uma parceria de 28 instituições e empresas.

Os ventiladores pulmonares consertados foram devolvidos a instituições de saúde em 24 estados e também no Distrito Federal. No estado de São Paulo, já foram devolvidos 683 aparelhos, recuperados de 83 cidades.

"É a contribuição da indústria brasileira nesta guerra contra o novo coronavírus", disse Paulo Skaf, presidente da Fiesp e do Senai-SP.

Além do Senai, também fazem parte da "Iniciativa + Manutenção de Respiradores" as empresas: Arcelor Mittal, BMW Group, Fiat Chrysler Automóveis (FCA), Estúdios Globo, Ford, General Motors, Honda, Hyundai Motor Brasil, Instituto Votorantim, Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) e POLI-USP, Jaguar Land Rover, Mercedes-Benz do Brasil, Moto Honda, Petrobras, Renault, Scania,Toyota, Troller, Usiminas, Vale, Volkswagen do Brasil e Volvo do Brasil.

Coronavírus