PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Como está a vacinação contra a covid-19 pelo mundo

Margaret Keenan, 90 anos, foi a primeira a receber vacina contra covid-19 no Reino Unido - Jacob King/POOL/AFP
Margaret Keenan, 90 anos, foi a primeira a receber vacina contra covid-19 no Reino Unido Imagem: Jacob King/POOL/AFP

Lucas Borges Teixeira

Do UOL, em São Paulo

16/12/2020 15h05Atualizada em 16/12/2020 17h55

O Ministério da Saúde divulgou hoje oficialmente o plano nacional de imunização contra covid-19. No documento, o governo diz que prevê a distribuição das doses em todo o território brasileiro, mas não dá uma data para início da imunização porque ainda não há, no país, nenhuma vacina aprovada pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

Esta é a situação de quase todos os países da América Latina. Na região, só o México, na última sexta (11), e o Chile, nesta quarta (16), aprovaram a vacina da Pfizer/BioNTech. Nenhum dos dois iniciou a vacinação ainda. O resto dos países latinos segue aguardando uma aprovação — parte deles espera os resultados da CoronaVac, produzida pela chinesa Sinovac com o Instituto Butantan, no Brasil.

Canadá, Estados Unidos e Reino Unido já começaram a vacinação com a Pfizer/BioNTech. Arábia Saudita, Bahrein e Singapura também já aprovaram o imunizante e devem iniciar as campanhas de vacinação neste ano.

Além do Brasil, Indonésia e Turquia aguardam os resultados da terceira fase de testes da CoronaVac para iniciar a vacinação em massa. A China também não aprovou ainda a vacina da Sinovac, mas já começou a imunizar seus profissionais de saúde emergencialmente com a estatal Sinopharm.

Coronavírus