PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Esse conteúdo é antigo

Brasil atinge 17,6 milhões de vacinados contra covid, 8,32% da população

Colaboração para o UOL, em São Paulo

31/03/2021 20h07

Nesta quarta-feira (31), o Brasil chegou à marca de 17,6 milhões de vacinados contra a covid-19. Até agora, 17.620.872 pessoas receberam pelo menos uma dose da vacina, o que equivale a 8,32% da população nacional. Os dados são do consórcio de veículos de imprensa do qual o UOL faz parte, baseado nas informações fornecidas pelas secretarias estaduais de saúde.

Nas últimas 24 horas, 683.788 brasileiros receberam a primeira dose de imunizante. Já a segunda dose foi aplicada em 145.032 pessoas entre ontem e hoje.

No total, 5.091.611 pessoas já receberam as duas doses da vacina no país, seguindo a recomendação dos laboratórios responsáveis pela produção da CoronaVac e da Oxford/AstraZeneca. O número corresponde a somente 2,4% da população nacional.

O Mato Grosso do Sul continua à frente, em termos percentuais, tanto entre os estados que mais aplicaram a primeira dose (10,78% da população local) como também a segunda dose (3,35% de seus habitantes).

Anvisa aprova uso emergencial da vacina Janssen

O uso emergencial da vacina da Janssen contra a covid-19 no Brasil foi aprovado, nesta quarta-feira (31) pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). A aprovação do imunizante fabricado pela Johnson & Johnson foi unânime: quatro diretores e o presidente da agência votaram a favor do pedido.

O fármaco será importado ao custo de cerca de US$ 10 a dose — não há previsão de parcerias no Brasil para produção nacional. O governo brasileiro firmou um acordo com a Janssen para entrega de 38 milhões de doses até o último trimestre de 2021.

Trata-se da quinta vacina a ter o uso aprovado no país:

  • Registro definitivo: Comirnaty (Pfizer) e Covishield (Astrazeneca/Oxford/Fiocruz): obtiveram registro definitivo
  • Uso emergencial: Coronavac (parceria com a Sinovac e o Butantan), Janssen e Covishield (AstraZeneca produzinda pelo instituto indiano Serum). A Covishield é considerada duas vezes na lista pela Anvisa em razão dos locais diferentes de fabricação.

Os diretores da Anvisa destacaram os "ótimos resultados" do imunizante em testes com pacientes acima de 18 anos e as autorizações já obtidas pela empresa em outros países. Também foi ressaltado "os benefícios conhecidos e potenciais da vacina, superam os riscos, atendendo os critérios para uso emergencial".

Veículos se unem pela informação

Em resposta à decisão do governo Jair Bolsonaro de restringir o acesso a dados sobre a pandemia de covid-19, os veículos de comunicação UOL, O Estado de S. Paulo, Folha de S.Paulo, O Globo, G1 e Extra formaram um consórcio para trabalhar de forma colaborativa para buscar as informações necessárias diretamente nas secretarias estaduais de Saúde das 27 unidades da Federação.

O governo federal, por meio do Ministério da Saúde, deveria ser a fonte natural desses números, mas atitudes de autoridades e do próprio presidente durante a pandemia colocam em dúvida a disponibilidade dos dados e sua precisão.

Você utiliza a Alexa? O UOL fornece informações à inteligência artificial por voz da Amazon, com boletins de notícias e dados atualizados do número de brasileiros vacinados contra a covid-19. Para saber sobre a vacinação no país ou no seu estado com a credibilidade do UOL, pergunte: "Alexa, quantas pessoas já foram vacinadas no Brasil?", por exemplo, ou "Alexa, quantas pessoas foram vacinadas?". Nos encontramos lá!

683.788 brasileiros receberam a primeira dose de imunizante nas últimas 24 horas. Já a segunda dose foi aplicada em 145.032 pessoas entre ontem e hoje.

Coronavírus