PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
4 meses

Covid-19: Venezuela recebe mais 200 mil doses da vacina Sputnik V

Vacina Sputnik V contra o novo coronavírus é feita com ingredientes e tecnologia fornecidos pela Rússia - Amanda Perobelli/Reuters
Vacina Sputnik V contra o novo coronavírus é feita com ingredientes e tecnologia fornecidos pela Rússia Imagem: Amanda Perobelli/Reuters

20/09/2021 22h29

O governo da Venezuela recebeu nesta segunda-feira carregamento com 200 mil doses da vacina Sputnik V, elaborada na Rússia para combater a covid-19, destinada a segunda aplicação na população do país sul-americano.

O governo liderado pelo presidente Nicolás Maduro não confirmou a informação, que foi veiculada apenas no Twitter oficial criado para a divulgação do imunizante.

Ontem, o embaixador da Rússia na Venezuela, Sergey Melik-Bagdasarov, informou que o novo lote da vacina havia saído de Moscou com direção ao país sul-americano.

Este é o segundo carregamento da Sputnik V que chega ao território venezuelano, conforme relembrou o diplomata russo.

No último dia 6, um primeiro lote de imunizantes destinados à segunda dose foi entregue, no entanto, nem o governo de Maduro, nem os desenvolvedores da vacina informaram a quantidade exata que foi disponibilizada.

No dia seguinte, chegaram à Venezuela 693,6 mil doses da Coronavac, produzida pelo laboratório chinês Sinovac, que fez parte da aquisição feita pelo país através do mecanismo Covax, segundo informações divulgadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Internacional