PUBLICIDADE
Topo

Jovem levado pela PM quando aguardava entrega de comida é encontrado morto

Maria Teresa Cruz

29/04/2020 14h17

O vendedor ambulante David Nascimento dos Santos, 23, saiu de casa no início da noite da última sexta-feira (24) para esperar a chegada de um lanche que pediu no iFood na entrada da viela onde morava, na região do Jaguaré, zona oeste da cidade de São Paulo, conforme conta a família.

Enquanto aguardava, um carro da PM (Polícia Militar) se aproximou, realizou uma rápida abordagem e o colocou no banco de trás da viatura.

O rapaz, que estava em contato com a namorada porque estava baixando filmes na internet para assistir com ela, ficou sem sinal no celular após a abordagem. Horas depois, ainda na noite de sexta-feira, o corpo do rapaz foi encontrado em uma favela próxima.

Segundo um amigo de David, o corpo do jovem estava com sinais de tortura, além de tiros no peito e na cabeça. Somente no início da madrugada de sábado (25) os familiares o encontraram, depois que o corpo já havia sido retirado do local.

O site Ponte Jornalismo questionou a Polícia Militar sobre o procedimento de abordagem a David. A PM foi indagada sobre o motivo de o jovem ter sido colocado na viatura policial e para onde foi levado. Até a publicação desta reportagem, no entanto, não houve retorno.

Na tarde deste sábado, familiares e amigos se manifestaram pedindo justiça. Eles fecharam uma rua próxima à marginal Pinheiros, na zona oeste de São Paulo, e de onde o rapaz foi abordado por policiais militares antes de morrer.

Segundo a família, David trabalhava como vendedor ambulante em trens e na marginal Pinheiros, próximo de onde morava com a família. O enterro do rapaz aconteceu na manhã deste sábado, no Cemitério Municipal de Osasco (Grande São Paulo). Ele deixa dois filhos.

Leia a publicação no site da Ponte Jornalismo aqui.

Segurança pública