Carolina Brígido

Carolina Brígido

Siga nas redes
Reportagem

Lula deve anunciar novo PGR na próxima semana; saiba quem é o favorito

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva deve anunciar na próxima semana o novo procurador-geral da República, que substituirá Augusto Aras no cargo. Hoje, o mais cotado para o cargo é o subprocurador da República Antonio Carlos Bigonha. O mandato de Aras termina no dia 26.

Nos últimos dias, Bigonha ganhou força na disputa de bastidores, em detrimento de Paulo Gonet. Bigonha ganhou a atenção de petistas em 2019, quando pediu desculpas a ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) por críticas feitas a eles por procuradores da Lava Jato de Curitiba, então comandados por Deltan Dallagnol.

Gonet entrou na mira da sucessão na PGR depois do julgamento que resultou na condenação de Jair Bolsonaro no TSE (Tribunal Superior Eleitoral). O procurador fez sustentação técnica e enfática contra o ex-presidente. Gonet tem o apoio dos ministros do STF Alexandre de Moraes e Gilmar Mendes.

23.abr.2018 - Antônio Carlos Bigonha, subprocurador da República
23.abr.2018 - Antônio Carlos Bigonha, subprocurador da República Imagem: Geraldo Magela/Agência Senado

Sem esperança de continuar na cadeira, aliados de Aras se preparam para a nova gestão na PGR. O procurador Carlos Frederico, que comanda as investigações do 8 de janeiro, disse ao UOL que ainda não decidiu se ficará à frente do caso na próxima administração. Ele deve avaliar isso depois que o novo procurador for nomeado.

Após Lula anunciar seu escolhido, o novo PGR ainda precisará ser sabatinado pela CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) do Senado antes de assumir o cargo. Até isso acontecer, a subprocuradora da República Elizeta Ramos, ligada a Aras, ficará na cadeira de forma interina.

Reportagem

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes