Conteúdo publicado há 30 dias
Siga nas redes
Só para assinantesAssine UOL
Opinião

Donas de casa, aposentados e sem-carteira seguram Lula

O colunista José Roberto de Toledo afirmou no Análise da Notícia desta quarta (19) que as donas de casa, os aposentados e os trabalhadores sem carteira assinada são os responsáveis por segurar a popularidade do presidente Lula (PT).

As últimas pesquisas Datafolha e Ipec divulgadas em dezembro mostraram que 38% dos entrevistados avaliaram o governo Lula como ótimo ou bom e 30% consideraram o governo ruim ou péssimo.

Quem é que está segurando então essa popularidade do Lula, esse pequeno saldo positivo dele? A gente poderia resumir de duas maneiras.

Ou dizer que são as mulheres e os pobres, que não tem muita novidade. Entre as mulheres, o saldo positivo é de dez pontos. Entre os homens é de um. Se você compara homens e mulheres é 10 a 1.

E entre os pobres —ou seja, até quem ganha dois salários mínimos— é 18 pontos. Enquanto entre os ricos é menos 18 pontos. Exatamente o oposto. Ou seja, 20 salários, dez salários ou mais, é menos 18 pontos de avaliação. Tem muito mais gente achando ruim e péssimo do que ótimo e bom. E entre os pobres é o contrário.

Agora, se você pega entre alguns setores mais específicos, aí a diferença se amplia. Entre as donas de casa é 19 pontos positiva o ótimo bom menos ruim e péssimo. É o dobro da média das mulheres, praticamente. Entre os aposentados, é mais 23 pontos. É muito grande a diferença entre os aposentados. E também entre os sem carteira assinada, os assalariados sem carteira, que tem aquela situação instável, um emprego não registrado, também o saldo é muito positivo.

Toledo destacou que a popularidade do governo Lula é menor entre funcionários públicos e empreendedores.

Onde ele vai ser negativo? Ele vai ser negativo entre funcionários públicos, entre quem tem carteira registrada, entre empreendedores. Então é um perfil diferente, né? Fica muito característico isso: quem ainda dá apoio para o governo e quem está mais pessimista.

O Análise da Notícia vai ao ar às terças e quartas, às 13h e às 14h30.

Continua após a publicidade

Onde assistir: Ao vivo na home UOL, UOL no YouTube e Facebook do UOL.

Veja abaixo o programa na íntegra:

Opinião

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.

Deixe seu comentário

Só para assinantes